Veritas RS III terá estreia oficial no London Salon Privé

Supercarro alemão é absolutamente cru e direto ao ponto: performance. Motor V10 BMW o leva a mais de 320 km/h
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Veritas RS III terá estreia oficial no London Salon Privé
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Não são todas as promessas de superesportivos que ficam só na promessa, como o Lexus LF-A, que aparece na rua, aparece em Nürburgring e nunca vai para a concessionária. O Veritas RS III, por outro lado, apareceu primeiro como promessa e depois como segredo. Da promessa e do segredo, ambos de 2008, virá a estreia oficial do carro, marcada para o London Salon Privé, que acontece na capital do Reino Unido de 22 a 24 de julho deste ano.

O nome pomposo do evento tem sua razão de ser. No London Salon Privé só entrarão carrões, como o Morgan Aero SuperSports e o Aston Martin One-77, e gente capaz de comprá-los. A peneira já começa na entrada do salão britânico, com ingressos a 125 libras esterlinas por dia, coisa de R$ 400.

No que se refere ao RS III, ele é o herdeiro de uma marca importante, hoje sob o comando da Vermot AG. A Veritas era uma pequena empresa alemã formada no final da Segunda Guerra Mundial por três empregados da BMW que queriam uma marca que lhes permitisse realizar o sonho de construir e correr com carros esportivos. Sob a marca foram construídos 75 automóveis antes de a companhia encerrar suas atividades automotivas, em 1952. O mais famoso deles é certamente o Veritas-BMW Rennsport Spyder, que rodava com um motor de seis cilindros em linha “Hemi” com câmaras de combustão hemisféricas, usado no BMW 328 do final dos anos 1930.

A ideia por trás dos veículos era ter um carro de corrida puro, sem excessos de qualquer tipo, fosse de conforto ou de peso. O Veritas RS III segue isso à risca. Não tem ABS, não tem ESP, não tem nenhum tipo de auxílio ao motorista. Quem quiser domá-lo terá de saber como se faz isso. De preferência, com um bocado de experiência nisso.

O peso deste monoposto sim, só há lugar para o motorista acabou ficando bem acima do que o conceito ostentava: pulou de 950 kg para 1.170 kg. O motor é o mesmo do M5, um V10 de 5 litros, mas mais forte do que no sedã esportivo da BMW. Em vez de 507 cv, o motor do RS III teria 600 cv, o suficiente para chegar aos 320 km/h e aos 100 km/h em algo ao redor de 3 s. Haveria também a opção de um motor V8 de 480 cv, mas isso ainda está por confirmar.

Com 4,99 m de comprimento, 1,97 m de largura e apenas 0,97 m de altura, o Veritas RS III tem 2,84 m de entreeixos. Sendo o carro um monoposto, a explicação para um entreeixos tão grande não está nos passageiros que o carro teria de acomodar, mas sim em seu mais ilustre ocupante, o motor, que vai montado entre os eixos para um maior equilíbrio dinâmico do carro. O preço do Veritas é calculado, na Europa, em R$ 800 mil. Só 50 unidades do superesportivo serão fabricadas. Mais privé que isso, impossível.

_____________________________________

TwitterTwitter
_____________________________________


Gosta de esportivos?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas:

Aston Martin

Porsche

Ferrari

Lamborghini

Leia também:

Seat Ibiza Bocanegra se torna versão de série do hatch espanhol

Wiesmann GT MF5 se torna carro-madrinha da FIA GT

GTA Spano, com motor V10 e álcool, pode chegar aos 840 cv

Bewerp vende duas unidades do Savage no Top Marques Monaco

Stile Bertone mostra o Mantide no Salão de Xangai

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors