Volkswagen T-Cross estreia em abril

Comunicado confirma lançamento do SUV compacto Volkswagen T-Cross para o "início do segundo trimestre"

  1. Home
  2. Notícias
  3. Volkswagen T-Cross estreia em abril
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Volkswagen deixou escapar que o T-Cross, principal produto da marca em 2019, será lançado no mês de abril. Em um comunicado à imprensa argentina confirmado o fim da produção da SpaceFox, a fabricante diz que o SUV compacto "estreia no início do segundo trimestre". É, não foi difícil fazer as contas. Durante a primeira aparição pública no Salão do Automóvel de São Paulo, a VW foi abrangente quanto a data do lançamento: 1º semestre. A declaração ainda vai além e diz que o inédito Tarek, uma espécie de anti-Compass que será fabricado na Argentina, é o próximo da lista no Brasil.

Produzido no Brasil, o T-Cross. Ele chega para botar lenha na fogueira dos utilitários compactos, segmento que fechou 2018 com a liderança do Hyundai Creta, mas que traz fortes players, como Honda HR-V (que está prestes a ganhar uma versão turbo), o renovado Jeep Renegade e também o Nissan Kicks, além de Renault Captur, Chevrolet Tracker e Citroën C4 Cactus.

Apesar de ainda restarem três meses até a estreia, o WM1 já teve a oportunidade de testar uma unidade da engenharia da Volkswagen equipada com motor 1.4 TSI Flex (quatro cilindros) de até 150 cv de potência máxima e 25,5 kgf.m de torque, e transmissão automática, mas que ainda estava com a traseira e a dianteira camufladas e o interior não trazia o acabamento final do modelo.

icon photo
Legenda: A traseira tem um polêmico elemento que liga as duas lanternas
Crédito: Divulgação

Além da configuração que aceleramos, o T-Cross terá uma configuração 1.0 TSI Flex (três cilindros) de até 128 cv e 20,4 kgf.m de torque, e também com transmissão automática de seis marchas. Já a configuração de entrada deverá ter este coração, mas uma caixa manual de seis velocidades.

O T-Cross é mais um filho da plataforma ‘camaleão’ MQB, presente em veículos como Golf, Jetta, Polo, Virtus e Tiguan Allspace. O T-Cross brasileiro tem 4,20 metros de comprimento, sendo 2,65 metros de distância entre os eixos. O nosso modelo é maior que ao que futuramente será vendido na Europa, pois lá também é vendido do T-Roc. Já o porta-malas tem capacidade para 420 litros.

Em termos de equipamento, o T-Cross será bem fornido. Terá controles de tração e estabilidade, freios a disco nas quatro rodas , seis airbags de série (frontais, laterais e de cortina), alerta de fadiga do motorista e frenagem pós-colisão (impede que o carro continue rodando após uma forte batida). A lista ainda traz sensores dianteiro e traseiro, câmera de ré, rodas de liga leve de 17 polegadas ‘calçadas’ com pneus 205/55 R17, sistema de estacionamento autônomo em vagas transversais e longitudinais, central multimídia com tela de 8 polegadas sensível ao toque (compatível com Android Auto e Apple CarPlay), quatro entradas USB, painel de instrumentos digital, ar-condicionado digital automático com saída de ar para os ocupantes do banco traseiro, e sistema de som Beats.

icon photo
Legenda: O interior traz alguns itens conhecidos de outros modelos recentes, como a central e o painel digital
Crédito: Divulgação
Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors