Volvo lança o caminhão mais potente do mundo

FH16 possui 700 cv de potência e desenvolve 3150 Nm de torque. A má notícia é que ele vai circular bem longe do Brasil
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Volvo lança o caminhão mais potente do mundo
Agência Infomoto
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

“Muito prazer, sou o caminhão mais potente do mundo”. Se o FH16 700 da Volvo pudesse falar, com certeza essa seria a sua frase de apresentação. O modelo, lançado no dia 7 de janeiro, carrega um motor com potência máxima de 700 cv, um poder e tanto de força nas estradas. Para se ter uma idéia, no Brasil os caminhões mais potentes não chegam nem perto dos 600 cv. Por coincidência, o pesadão de maior potência é justamente um Volvo, o FH de 520 cv.

Outro dado impressionante é o torque desenvolvido pelo FH16 700. O supercaminhão, que consumiu três anos de estudos, chega a desenvolver 3150 Nm de torque. Um dado bem longínquo dos produtos à disposição do cliente brasileiro.

Antes, o mais poderoso Volvo era o FH16 660, que como o nome diz, possui 660 cv de potência. O FH16 também está disponível nas versões de 540 cv e 600 cv.

“O Volvo FH16 700 é vocacionado para o segmento extrapesado, que exige muito mais força nas operações de transporte. Ele é a escolha ideal ao cliente que procura um caminhão realmente fora do comum. Com esse lançamento, nenhum outro concorrente chega aos pés dele na indústria”, orgulha-se Staffan Jufors, presidente mundial da Volvo Caminhões.

O milagre da economia

Quem achou que o caminhão mais potente do mundo seria também o mais beberrão se enganou. A Volvo tratou de fazer as adaptações necessárias para deixar o veículo apenas com a primeira fama citada. “O nosso objetivo é oferecer maior potência com a melhor economia de combustível no segmento. Com o novo motor D16G, conseguimos conservar uma relação adequada. Em comparação com os rivais, acreditamos que estamos trilhando um bom caminho”, completa Jufors.

Os engenheiros do novo motor da Volvo conseguiram reduzir o consumo de combustível promovendo um processo de combustão eficiente, inclusive ao redesenhar seus pistões. Para cortar o aumento das emissões de óxido de nitrogênio, foi escolhida uma etapa simples: ampliar a capacidade do sistema de tratamento posterior do escapamento. O sistema escolhido foi o SCR Redução Catalítica Seletiva.

Além disso, o motor ficou menos barulhento. A engenharia contou, para isso, com a ajuda da pré-injeção, onde um pequeno montante do combustível é borrifado no cilindro, garantindo uma seqüência de combustão mais tranquila e com menos “roncos”.

O motor também agrega um novo termostato de óleo, que tem um efeito favorável no consumo de combustível. A troca do óleo é feita a cada 100 mil km ou uma vez por ano.

“A produção de um motor de forte potência não é a grande novidade, mas sim construí-lo sem aumentar emissões ou o consumo de combustível. O que é uma tarefa muito mais difícil”, diz Henrik Lindeberg, gerente de Projeto do motor D16G.

Motor Euro V

O propulsor D16G, de 16 litros, possui 6 cilindros e vem equipado de turbo e intercooler. O bloco já está certificado dentro das novas exigências de emissão de poluentes, a Euro V. A lei entra em vigor no dia primeiro de outubro de 2009, na Europa. Para tanto, o motor recebeu “uma melhora”, com o corte de 40% do óxido das emissões.

“Em outras palavras, o novo Volvo FH16 ficou mais poderoso, com uma relação custo-benefício adequada e sem comprometer o ambiente”, acredita o presidente Jufors.

Testes

Os testes com o super-caminhão foram conduzidos em ambientes de severas condições.

“O novo Volvo FH16 700 puxou pesados trens por desertos da Austrália, enfrentou o terrível frio do norte da Suécia transportando madeira e foi testado na altitude de até 3.600 m em Rocky Mountains”, conta Lindeberg.

Siga a gente no Twitter! Novidades, segredos e muito mais: www.twitter.com/WebMotors

Leia também:

FM 11 litros, a nova aposta da Volvo

Série especial VM 10.000 já está à disposição

Presidente da Fenabrave tranqüiliza o mercado sobre a crise

Vendas de caminhões crescem 35,5%


Acumulado do ano é o melhor da história

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors