WebMotors flagra novo Classe B em Interlagos

Modelo é um intermediário entre o Classe A e o C e será equipado com motor 2,0-litros de 136 cv
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. WebMotors flagra novo Classe B em Interlagos
Gustavo Ruffo
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- O autódromo de Interlagos não reserva surpresas apenas aos amantes de velocidade, mas também aos apaixonados por carros em geral. Ali, nos treinos para a primeira etapa da Stock Car deste ano, flagramos o modelo que você vê nas fotos, o novíssimo Mercedes-Benz Classe B.

Poderia ser um carro trazido por importação independente, mas a placa, de São Bernardo do Campo, dava conta de que o modelo estava possivelmente com um dos executivos da fabricante alemã ou que ele faz parte da frota de imprensa que começa a ser emprestada para revistas. O lançamento está previsto para o final deste mês e a Mercedes-Benz, infelizmente, não tem o costume de convidar sites de notícia para a apresentação de seus automóveis, mas os empresta para avaliação. Torça, leitor, para que o WebMotors possa estar presente ao lançamento desta vez e para que você, com isso, tenha acesso rápido a outras novidades que o carro traz.

O Classe B foi lançado no Salão de Genebra de 2005 para ser um intermediário entre o Classe A e o C, abandonando a versão de entreeixos longo do menor modelo da marca da estrela de três pontas. E ele o faz com maestria: seu entreeixos de 2,78 m o coloca como um dos automóveis mais espaçosos da marca de Sttutgart, ao lado do Classe S. O comprimento, por sua vez, é de carro médio, com 4,27 m.

A versão que flagramos é a B 200, com motor 2,0-litros de 136 cv a 5.750 rpm e torque de 18,9 kgfm de 3.500 rpm a 4.000 rpm, o mesmo que equipa o Classe A já vendido no Brasil, importado da Europa. O câmbio é o Autotronic, continuamente variável. Os preços devem ficar entre o do A 200 Elegance R$ 114,9 mil e o do C 180 Kompressor R$ 158,9 mil algo na casa dos R$ 130 mil a R$ 140 mil.

Em vez de batizá-lo apenas como monovolume, a Mercedes-Benz chama o Classe B de Sports Tourer, a mesma designação que ela confere ao novo Classe R, que pretende quebrar as barreiras entre os minivans e as peruas em termos de esportividade. Se consegue ou não, é algo que só poderemos dizer quando o testarmos.

No que se refere ao Classe B, há uma versão muito mais indicada para que ele atinja sua designação Sport Tourer a contento, a 2,0-litros com turbo. Seu torque máximo é de 28,6 kgfm de baixos 1.800 giros aos 4.850, aparentemente garantindo uma enorme elasticidade e resposta em qualquer regime de rotação. De 0 a 100 km/h ele gasta 7,6 s e chega à máxima de 225 km/h. Ela possivelmente não será importada para não concorrer, em preço, com os sedãs da Classe C.

A parte minivan do novo lançamento está mais do que comprovada, de todo modo. Além de poder ter os bancos traseiros e o dianteiro direito completamente retirados para transportar cargas de até 2,95 m de comprimento, com o sistema Easy-Vario, o novo Mercedes-Benz leva em seu porta-malas generosíssimos 544 litros de bagagem. O Renault Mégane Sedan, um dos veículos de maior porta-malas do país, leva 520 litros e é bem mais comprido. Sem os bancos, o Classe B carrega 2.245 litros.
_______________________________
E-mail: Comente esta matéria

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors