10 dúvidas sobre como funciona consórcio de moto

Para quem quer saber como funciona o consórcio de moto, veja as respostas para 10 dúvidas muito comuns

  1. Home
  2. Motos
  3. 10 dúvidas sobre como funciona consórcio de moto
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Entre 2008 e 2018 o número de motocicletas no Brasil saltou de 13 milhões para 26,7 milhões, de acordo com o Mapa da Motorização Individual no Brasil 2019, realizado pelo Observatório das Metrópoles e publicado no ano passado. A tendência é esse número crescer e, para adquirir a sua, muitas pessoas querem saber como funciona o consórcio de moto.

Uma das opções mais procuradas pelos futuros pilotos, o consórcio é repleto de vantagens, mas também há muitas questões. Para ajudá-los, o WM1 traz a resposta para 10 dúvidas comuns relacionadas ao assunto.

1 - Como funciona o consórcio de moto?

A principal delas, saber como funciona o consórcio de moto é essencial antes de querer participar de um. De maneira geral, ele acontece da mesma forma que os outros. O interessado deve procurar as administradoras, que por sua vez são responsáveis por organizar os grupos de pessoas que querem iniciar o consórcio.

Ao formar o grupo, é determinado o valor total, o número de parcelas para pagamento e a data para as assembleias mensais, onde irão ocorrer os sorteios e lances para contemplar uma carta de crédito. A quantidade de participantes por grupo pode variar de acordo com a empresa.

Webmotors Nota2 Consorcio
icon photo
Legenda: Consórcio é opção para quem quer se planejar melhor

2 - O que precisa para fazer um consórcio de moto?

A documentação para consórcio é uma dúvida muito comum, afinal, quais são necessários para participar e para depois de ser contemplado? Confira!

Documentos para entrar em um consórcio de moto

Para quem se pergunta o que precisa para fazer um consórcio de moto, apenas alguns documentos simples são necessários de início. Ao procurar uma administradora para fechar um contrato, é importante ter em mãos (cópia e original):

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de renda;
  • Comprovante de residência.
  • Com essas informações, a empresa irá avaliar o seu perfil e responder se você está aprovado ou não. Algumas administradoras podem solicitar outras informações e/ou documentos para confirmar a sua aprovação. Caso seja aceito, você entrará em um grupo junto com outros consorciados para seguir com o consórcio.

    Documentos após ser contemplado no consórcio

    Após ser contemplado, mais documentos vão ser solicitados para conseguir utilizar a sua carta de crédito para comprar a moto. Aqui, a lista é um pouco mais extensa, uma vez que a administradora precisa de garantias de que irá receber as parcelas que faltam do contrato.

    • Ficha cadastral completa e assinada;
    • Cópia de RG, CPF/CNPJ e/ou CNH;
    • Comprovante de renda;
    • Cópia do comprovante de residência recente (no nome do consorciado);
    • Declaração do IR (com comprovante de entrega);
    • Cartão benefício de aposentados (caso seja um);
    • Carteira de trabalho assinada (caso esteja empregado).
    • Greve afeta mercado de motos
      icon photo
      Legenda: Diferentes modelos podem ser adquiridos via consórcio
      Crédito: Divulgação

      Assim como na entrada do consórcio, a solicitação de alguns documentos vai variar de acordo com a administradora. A solicitação da declaração do Imposto de Renda costuma acontecer quando o consorciado é contemplado logo no início ou caso seja autônomo.

      3 - É necessário dar entrada?

      A escolha pelo consórcio acontece, geralmente, pelo fato de o interessado não possuir um valor em mãos para dar de entrada na moto ou no carro. Exatamente por isso não existe a necessidade de uma entrada. Após ser aprovado por uma administradora, já inicia o pagamento das parcelas combinadas.

      4 - Como funciona o pagamento das parcelas do consórcio?

      O pagamento das parcelas do consórcio de moto é feito mensalmente. A quantidade de parcelas é definida no momento que o futuro consorciado fecha o contrato com a administradora. É importante que seja escolhido um valor que esteja dentro do orçamento para não ter problemas ao longo do contrato.

      Projeções mercado de motos
      icon photo
      Legenda: Dar lances é uma boa maneira de antecipar a compra
      Crédito: Projeções mercado de motos

      5 - O que acontece se atrasar o pagamento do consórcio?

      Ao deixar atrasar e não quitar as parcelas do consórcio em dia, o consorciado perde o direito de participar das assembleias mensais e, consequentemente, não será sorteado, não poderá dar um lance e não será contemplado.

      Para recuperar esse direito, basta realizar o pagamento de todas as parcelas atrasadas junto com os juros e as multas previstas no contrato. Portanto, ao fechar o contrato com a administradora, é importante ler ele por completo para saber todas tarifas.

      6 - Quando vai ser possível comprar a moto?

      O participante do consórcio de moto poderá receber o crédito para adquirir sua moto de três maneiras diferentes: ao ser contemplado, com um lance ou quando encerrar todas as parcelas. Vamos explicar melhor como funciona cada uma delas!

      Sorteio

      A maneira mais tradicional para o consorciado ser contemplado é por meio do sorteio. Ser sorteado significa receber todo o valor do consórcio, mesmo que não tenha terminado de pagar as parcelas. Os sorteios acontecem em assembleias realizadas e organizadas pelas administradoras mensalmente.

      Lance

      Se você não se considera uma pessoa de sorte, é possível conseguir a carta de crédito dando um lance, como acontece em leilões. Durante as assembleias mensais, o consorciado que der o maior lance, ou seja, antecipar o maior número de parcelas, vencerá e será contemplado.

      Fim do consórcio

      Caso você não seja sorteado ao longo do consórcio, todo o crédito ficará disponível após o pagamento da última parcela. A desvantagem aqui é a demora para ter em mãos o dinheiro. No entanto, caso isso aconteça e a moto esteja dentro do valor da carta de crédito, você não precisará pagar nenhuma outra parcela.

      7 - Qual moto pode ser comprada com o consórcio?

      Para quem tem dúvida se existem restrições de modelos, a resposta é não. É possível comprar qualquer motocicleta com o valor da carta de crédito. Caso a opção escolhida seja maior que o dinheiro do consórcio, complete com dinheiro.

      Outra possibilidade, caso o dinheiro disponível do consórcio seja maior que o da motocicleta escolhida, é possível utilizar 10% desse valor da carta de crédito para os gastos com documentação — se for necessário.

      icon photo
      Legenda: Carta de crédito é obtida com lances, sorteio ou ao fim do consórcio
      Crédito: Divulgação

      8 - O que acontece se desistir do consórcio?

      Conforme citamos no início do texto, dividir as parcelas de uma forma que caiba no seu orçamento será fundamental para não atrasar o pagamento mensal e, muito menos, desistir. No entanto, diversas situações podem acontecer ao longo do contrato — como uma pandemia global — e tudo pode mudar.

      Caso seja necessário o cancelamento do consórcio, ele poderá ocorrer a qualquer momento. Basta o consorciado entrar em contato com a administradora e comunicá-los sobre a desistência. Para receber o valor de todas as parcelas pagas, as regras podem mudar de acordo com a administradora.

      Geralmente o valor fica bloqueado até o fim do consórcio (até todos do grupo serem contemplados). Antes da devolução, é abatida uma parte em multa prevista no contrato. Outra possibilidade é fazer a transferência para outra pessoa e negociar com ela o pagamento das parcelas já quitadas.

      9 - Por fim, consórcio de moto vale a pena?

      De forma direta, se você não está com pressa para ter a sua motocicleta na garagem, essa é uma excelente opção, sem dúvida alguma. Porém, só você pode avaliar se o consórcio de moto vale a pena ou não. Nossa dica é avaliar todas as vantagens e as desvantagens antes de fechar o contrato.

      icon photo
      Legenda: Consorcio Santander é a maneira mais prática e segura para você
      Crédito: Divulgação

      10 - Como escolher uma empresa para o seu consórcio?

      Na hora de escolher uma empresa para iniciar o consórcio, vale conferir se você irá encontrar pouca burocracia, as melhores condições de pagamento, liberdade de escolha após ser contemplado e um atendimento especializado para fechar o contrato.

      Depois de saber como funciona o consórcio de moto e ter as respostas para todas as dúvidas relacionadas ao assunto, programe-se para iniciar o seu com o consórcio Webmotors e Santander, a melhor e mais segura opção do mercado!

      Para se atualizar sobre todas as novidades relacionadas ao setor automotivo, atualize-se com o WM1, o portal de notícias da Webmotors!

       

      Comentários