BMW chega ao ápice da tecnologia com nova R 1250 G

Andamos nas versões Adventure e Premium, que agora têm motor de 136 cv e capacidade de conectividade impressionante

  1. Home
  2. Motos
  3. BMW chega ao ápice da tecnologia com nova R 1250 G
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Você já parou para pensar o quanto mudou nos últimos anos? A máxima da Metamorfose Ambulante, cantada pelo mestre Raul Seixas, se aplica a todos. Inclusive para as motos. No caso das novas BMW R 1250 GS, as evoluções trouxeram o modelo a um patamar quase inatingível, tamanha escalada tecnológica.

Mostrada pela primeira vez no Salão de Milão, na Itália, a nova aventureira alemã - produzida em Manaus - se tornou objeto de aspiração. Não apenas pelo ganho de 11 cv (agora são 136 cv a 7.750 rpm) ou pelo aumento de 2 kgf.m de torque (15 kgf.m), decorrentes da chegada de mais 50 cm³ ao seu grande motor boxer de, agora, 1.254 cm³, mas também pelo uso de recursos quase infindáveis de tecnologia.

icon photo
Legenda: BMW R 1250 GS tem 136 cv de potência
Crédito: Divulgação

A novidade mecânica é o ShiftCam, que oferece desempenho e maior suavidade de funcionamento comprovados por nós, em um teste de pouco mais de 200 km em percurso misto. A suavidade se dá graças à árvore de comando com abertura diferenciada das válvulas de admissão do motor, que é capaz de entender diferentes perfis de pilotos, alterando a capacidade de aceleração, elasticidade e torque. Tudo isso para dizer resumidamente que, não importa qual seja o seu estilo de pilotagem, o terreno ou seu estado de espírito, a 1250 GS vai te tratar bem.

icon photo
Legenda: BMW R 1250 GS se destaca pela conectividade
Crédito: Divulgação

Tivemos a oportunidade de rodar com duas versões da moto: a topo de linha e super completa Adventure (R$ 91.950) e a Premium (R$ 82.950), que traz todos equipamentos de série do pacote Sport (R$ 69.950), mais controle de tração dinâmico (DTC); ajuste eletrônico dinâmico da suspensão; sistema de partida sem chave; assistente de troca de marchas; modos de pilotagem pro; ABS pro, entre outras dezenas de itens.

icon photo
Legenda: BMW R 1250 GS pesa 268 kg
Crédito: Divulgação

Na Adventure a sensação é de domar um animal selvagem de 268 kg. O tanque gigantesco - não há outra palavra a ser usada aqui - comporta 30 litros de gasolina (4 l de reserva) e está preparado para levá-lo ao Ushuaia, na Argentina, sem que você se preocupe com muitas paradas. Apesar de toda essa pompa e das metamorfoses da vida, a geometria da GS continua excelente. É preciso pouco tempo para se acostumar com a moto, sua resposta em curvas é assustadoramente rápida (sim, ela faz muita curva) e a suavidade do novo motor nas retas faz dela um sofá gigante.

icon photo
Legenda: BMW R 1250 GS tem excelente performance off-road
Crédito: Divulgação

A nova R 1250 GS Adventure também é um trator na terra. Encaramos percursos fora de estrada de nível mediano, com subidas, areia e facões profundos e ela superou tudo com muito torque em baixa rotação. Por sinal, deixo aqui uma dica para você que não tem muita prática na terra: na dúvida, acelere! Uma moto desse tamanho e com toda essa tecnologia irá tratar você como um rei. Só não pense em deixar a rotação cair demais durante um percurso de terra. O tombo é certo.

icon photo
Legenda: BMW R 1250 GS tem modos de condução
Crédito: Divulgação

Para ajudar a controlar todo esse ímpeto germânico, e também ajudar em sua próxima viagem pelo continente, a BMW preparou alguns modos de pilotagem interessantes. Os tradicionais Road, Rain e Dynamic vão bem em suas características, mas, no modo Enduro, a motocicleta trabalha ainda melhor na terra, controlando o torque e a potência, e diminuindo a influência do ABS - que pode ser totalmente desligado mesmo com a moto em movimento, assim como o controle de tração. Nesse caso, é você e um monstro de quase 300 kg em um momento, no mínimo, divertido.

VEJA MAIS

icon photo
Legenda: BMW R 1250 GS
Crédito: Divulgação

Na versão Premium, a sensação de estar sobre um abre-alas da Mangueira diminui. Ela pesa 249 kg e tem tanque consideravelmente menor em relação à Adventure, com 20 litros. Isso faz com que a frente da moto fique mais leve e é possível sentir um pouco mais as imperfeições na suspensão dianteira. Isso não quer dizer que ela é instável, mas, ao saltar de uma para outra, a diferença é extremamente notável. Ainda assim, essa versão é mais fácil de controlar, principalmente em terrenos acidentados onde o solo tem pouca aderência.

icon photo
Legenda: BMW R 1250 GS tem painel de instrumentos em TFT de 6,5 polegadas
Crédito: Divulgação

Agora, preciso de um parágrafo para falar sobre a nova tela de TFT de 6,5 polegadas, que poderia facilmente ser um lançamento da Apple. Além de incluir um sistema de conectividade completo entre celular e comunicador no capacete, a tela gigante é uma das mais legíveis que já encontrei. Ela também mostra dados como pressão dos pneus, direções do GPS e mensagens do celular.

Todas as informações saltam na sua cara e a leitura se torna fácil em qualquer tipo de luz. A BMW manteve os comandos nos punhos, concentrando os acessos no manete esquerdo. Ponto negativo: os vários botões que podem confundir no começo, mas você se acostuma.

icon photo
Legenda: BMW R 1250 GS é uma das mots mais desejadas do mundo
Crédito: Divulgação

Em sua melhor forma, a nova BMW R 1250 GS é, de longe, uma das motos mais desejadas do mundo. O preço é salgado, é verdade, mas certamente é possível se divertir com a versão Sport, que tem menos recursos tecnológicos do que uma Triumph Tiger 1200 XCX (R$ 69.990), por exemplo. Porém, traz motor indefectível e geometria de causar inveja ao mais evoluído dos seres.

icon photo
Legenda: É rápida a adaptação à BMW R 1250 GS
Crédito: Divulgação

Texto: Ícaro Bedani, jornalista convidado pelo WM1

VÍDEO RELACIONADO

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors