As cinco motos japonesas mais icônicas do Brasil

Para comemorar os 112 anos da chegada dos primeiros imigrantes nipônicos, listamos motocicletas que fizeram história

  1. Home
  2. Motos
  3. As cinco motos japonesas mais icônicas do Brasil
Fabio Perrotta Junior
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

As motocicletas não poderiam ficar de fora neste dia de homenagem à chegada dos primeiros imigrantes vindos do Japão. Tão presentes no trânsito urbano brasileiro, as motos japonesas são as mais vendidas por aqui.

A equipe do WM1 selecionou cinco modelos icônicos, produzidos por marcas japas, que desfilam pelas ruas do Brasil e fizeram fama no nosso país. Confira as motos japonesas mais famosas.

Suzuki Hayabusa

Suzuki Hayabusa
icon photo
Legenda: Com motor de 1.340 cc, Suzuki Hayabusa é uma das motos japonesas mais emblemáticas
Crédito: Divulgação

Uma das motos mais rápidas do mundo, a Suzuki Hayabusa foi, durante muito tempo, a moto mais veloz vendida no Brasil. Com 175 cv de potência e velocidade máxima de 312 km/h, usava um enorme motor de 1.340 cc e saiu de linha em 2018, devido às leis de emissões de poluentes.

Kawasaki Ninja H2R

Kawasaki Ninja H2r 2
icon photo
Legenda: Kawasaki Ninja H2R atingiu os 400 km/h em uma prova

Se a Hayabusa era a mais rápida vendida no Brasil, ela perdeu o posto para a Ninja H2R. Com seu motor de 1.000 cc supercharger, que rende absurdos 326 cv de potência, a moto japonesa alcançou os 400 km/h em uma prova realizada por um piloto turco - no Brasil, todas as motocicletas são limitadas em 299 km/h. Exclusiva no Brasil e no mundo, a H2R custava, em 2019, R$ 357 mil.

Yamaha R1

Yamaha Yzf R1 2020
icon photo
Legenda: Inspirada nas pistas de competição, YZF-R1 foi sonho de consumo de muitos brasileiros
Crédito: Divulgação

Terceira esportiva da lista, a Yamaha YZF-R1 também já foi uma das motos japonesas mais desejadas do país. Praticamente uma versão de rua do modelo utilizado pelo piloto de Moto GP, Valentino Rossi, a R1 está em linha até hoje, mas não é importada pela fabricante para o Brasil desde 2016.

Honda CG

Honda Cg 160 Titan 2020 7
icon photo
Legenda: CG 160 Titan na linha 2020. Modelo da Honda é a moto mais vendida do país
Crédito: Divulgação

Moto mais vendida na história do Brasil, a CG não poderia ficar de fora. São 42 anos de produção nacional e mais de 7 milhões de unidades comercializadas no Brasil. Não é exagero falar que todo brasileiro já cruzou com uma CG na vida. Custa a partir de R$ 9.444 e está disponível em cinco versões, sempre com motor de 162 cc, que rende até 15,1 cv quando abastecido com etanol.

Honda Hornet

Honda CB 600F Hornet
icon photo
Legenda: Honda CB 600F Hornet ganhou uma legião de fás no Brasil
Crédito: Divulgação

Boa parte da equipe do WM1 não considera a Honda Hornet icônica, mas é inegável a sua popularidade nos últimos 15 anos. O 'Hornetão', apelido dado pelos fãs do modelo, é vendido no Brasil desde 2004. Sua geração mais desejada, porém, foi lançada em 2012 e tinha 102 cv de potência.

Comentários