Honda lança linha 650 mais esportiva por R$ 37.900

Marca apresenta linha 2020 dos modelos CB 650 e CBR 650, que também trocam sufixo "F" pelo "R" em prol da esportividade

  1. Home
  2. Motos
  3. Honda lança linha 650 mais esportiva por R$ 37.900
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Honda anunciou esta semana a chegada da linha 2020 de sua nova família 650. Na prática, os modelos CB 650F e CBR 650F dão lugar aos novos CB 650R e CBR 650R - o sufixo "R", de acordo com a marca, serve para designar motocicletas da Honda com verdadeira inspiração esportiva.

A dupla chega às loja março de 2020 custando R$ 37.900 e R$ 39.500, respectivamente. Elas têm garantia de três anos, sem limite de quilometragem, e cinco cores disponíveis: azul perolizado, vermelho e prata metálico para a CB; vermelho e cinza metálico para a CBR.

Ponto de destaque de ambas é o motor DOHC de quatro cilindros em linha, arquitetura cuja linhagem deriva daquela que é considerada a "mãe" de todas as superbikes modernas: a lendária Honda CB 750 Four, de 1969.

A CB 650R segue o conceito trazido pela CB 1000R Neo Sports Café, que mescla design minimalista com a agressividade típica das café racer; já a CBR 650R tem carenagem inspirada na superesportiva CBR 1000RR Fireblade, mesmo sendo uma sport-touring para usuários de diferentes níveis: segundo a Honda, ela é capaz de satisfazer desde mais experientes a novatos que desejam evoluir na pilotagem.

Honda CB 650R 2020
Honda CB 650R tem inspiração em típicas motos do estilo café racer
Crédito: Divulgação

Menos peso, mesma potência

Além de importantes evoluções no chassi tubular tipo Diamond das duas motos (que traduz-se principalmente em redução de peso), houve atualização técnica do motor para melhores respostas em médias rotações. São 88,4 cv e 6,13 kgf.m de torque

Ou seja, apesar do motor ter os mesmos números, as motos estão mais rápidas por conta do alívio de massa. Tem mais: a embreagem agora é do tipo deslizante, o que previne repentinas perdas de aderência da roda traseira no caso de reduções de marcha extremas, frequentes em uma pilotagem mais esportiva.

As motos ainda são equipadas com sistema de controle de tração, que se encarrega de conter eventuais perdas de aderência do pneu traseiro em, por exemplo, arrancadas. Pilotos experientes podem desligá-lo por meio de um botão situado no punho esquerdo.

Por fim, a frenagem também evoluiu: o sistema ABS atua no par de discos dianteiros através de cálipers de quatro pistões fixados radialmente. O disco traseiro se vale de cáliper de pinça simples. Também são novas as rodas, mais leves, com cinco raios duplos que calçam pneus de medidas 120/70 R17 na dianteira e 180/55 R17 na traseira.

Honda CBR 650R
CBR 650R é inspirada na Fireblade, mas tem tocada típica de uma sport-touring
Crédito: Divulgação
Comentários