Indian Motorcycle deixa de operar no Brasil

Marca de motos não resiste ao atual momento econômico do segmento e do País. Somadas vendas chegam a 700 unidades.

  1. Home
  2. Notícias
  3. Indian Motorcycle deixa de operar no Brasil
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Indian Motorcycle chegou ao Brasil cheia planos ambiciosos no final de 2015. Um deles, inclusive, era fazer frente a lendária Harley Davidson. Menos de três anos depois, a fabricante de motos cancela sua operação no mercado brasileiro.

O anúncio foi feito pela Polaris, marca que controla a Indian ao redor do mundo. Segundo o comunicado, os motivos do cancelamento das atividades têm a ver com “a falta de rentabilidade do negócio decorrente do recrudescimento da economia brasileira e a consequente redução da indústria de motocicletas nos últimos anos”. Os números falam por si só. Somadas vendas dos anos de 2016 e 2017, o emplacamentos não chegam a 700 unidades.

O processo de transição irá durar cerca de 120 dias e Indian promete não deixar seus clientes a ver navios. A marca diz que vai trabalhar o pós-venda com peças de reposição, atendimento à garantia e manutenção por meio das concessionárias Polaris e novas oficinas de motos que serão credenciadas.

“Nosso compromisso é de total suporte à rede de concessionárias e aos clientes nessa transição”, afirma Paulo Brancaglion, diretor da Polaris. O esforço da Polaris agora volta ao negócio de veículos off-rodas e UTVs.

Serviço

O grupo disponibiliza dois canais de informação aos clientes: o email contatobrasil@indianmotorcycle.com.br e o telefone (11) 3336.5482.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors