O Canal de notícias da Webmotors

Últimas Notícia

Nova Dafra Apache RTR 200 quer ser o 'meio-termo'

Modelo street, Nova Dafra Apache tem motor de 21 cv, freio a disco nas duas rodas, painel digital e preço de R$ 12.490

  1. Home
  2. Motos
  3. Nova Dafra Apache RTR 200 quer ser o 'meio-termo'
Agência Infomoto
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Com o objetivo de atuar em nichos pouco explorados por outras marcas, a Dafra agora aposta suas fichas na nova Apache RTR 200. A nova street oferece equipamentos e desempenho que a posicionam entre os modelos de 150 e 250 cc, até no preço: R$ 12.490, com frete já incluso.

A nova Apache RTR 200 ainda é produzida pela indiana TVS e montada pela Dafra em Manaus (AM), mas evoluiu bastante em relação ao modelo de 150cc que foi vendido por aqui entre 2010 e 2014. A começar pelo bom nível de acabamento, com peças plásticas bem encaixadas e um design mais atual. As linhas são angulosas e a pintura fosca da cor vermelha é caprichada.

icon photo
Legenda: Nova Dafra Apache
Crédito: Mario Villaescusa/Infomoto

O painel agora é totalmente digital. Bem completo, tem conta-giros, velocímetro, relógio, indicador de marcha, marcador de combustível e dois hodômetros. Além de um shift-light, que indica quando você “esticou” demais a marcha, e um curioso registro da velocidade máxima atingida, que pisca no painel quando você para no semáforo. Curiosidades à parte é de fácil leitura e visualização.

MOTOR DE QUATRO VÁLVULAS

O motor complementa a atualização no visual. Além de maior capacidade, 197,75 cm³, tem comando simples, quatro válvulas por cilindro e arrefecimento a ar. Produz bons 21,02 cv de potência máxima a 8.500 rpm e 1,85 kgf.m a 6.500 giros.

Na prática, o desempenho surpreende. A Apache acelera bem na saída de semáforo e o tem bom torque para rodar na cidade sem ter que usar muito o câmbio de cinco marchas. Destaque para a embreagem deslizante, que faz com que o acionamento do manete seja macio e evita que a roda trave em reduções mais bruscas.

 Nova Dafra Apache
Legenda: Nova Dafra Apache
Crédito: Mario Villaescusa/Infomoto

O motor cresce de giros rapidamente e não é tão ruidoso. Vibra um pouco acima 7.000 giros, mas nem é preciso girar tanto. Já a partir de 4.000 rom, já tem “força” suficiente para encarar uma subida sem redução de marcha. Na estrada, mantém 110 km/h sem dificuldade.

O que resultou em um consumo razoável para uma 200 cc: fiz 33,2 km/litro no trânsito urbano. Com tanque de 12 litros, a autonomia deve ficar acima de 350 km.

‘PEGADA’ ESPORTIVA

A pequena bolha sobre o farol, os semiguidões fixados acima da mesa e o banco bipartido conferem um ar esportivo à Apache 200. A moto indiana até lembra um pouco a Yamaha Fazer 250 ABS, modelo desenvolvido para os mercados de Brasil e Índia.

icon photo
Legenda: Nova Dafra Apache
Crédito: Mario Villaescusa/Infomoto

A inspiração esportiva também aparece na posição de pilotagem. As pedaleiras são recuadas, o que obriga o piloto a flexionar bem as pernas. As costas, porém, não ficam tão curvadas e a ergonomia é mais confortável do que aparenta ser. Pelo menos no uso urbano.

O conjunto de suspensões também foi atualizado. Na dianteira, garfo telescópico convencional com 117 mm de curso e, na traseira, agora há um monoamortecedor com 105 mm de curso. O sistema não traz ajustes. A dianteira absorve bem as imperfeições do piso, mas a traseira é um pouco rígida e tem curso pequeno, o que faz o piloto sair do banco em buracos e valetas.

icon photo
Legenda: Nova Dafra Apache
Crédito: Mario Villaescusa/Infomoto

Vale também mencionar os freios, agora a disco em ambas as rodas e com sistema combinado de acionamento hidráulico (FH-CBS), que aciona o freio dianteiro ao pisar no pedal traseiro, mas apenas em situações mais extremas, ou seja, quando você ‘afundar’ o pé. Na maioria das situações, o sistema funcionou bem e parou com eficiência os 139 kg (a seco) da Apache.

Rodas de liga-leve, aro 17, calçadas com pneus Pirelli Sport Demon sem câmera nas medidas 90/90-17, na frente, e 130/70-17, atrás, completam a parte ciclística.

ALTERNATIVA INTERESSANTE

Com design mais sofisticado que as motos de 150 e 160cc, mas desempenho e preço inferior às 250cc, a nova Dafra Apache RTR 200 surge como uma alternativa interessante para quem busca uma moto street para usar no dia-a-dia e, por ventura, até pegar a estradas nos finais de semana.

icon photo
Legenda: Nova Dafra Apache
Crédito: Mario Villaescusa/Infomoto

Seus 21 cv a fazem render quase como a Yamaha Fazer 250 (preço de R$ 15.790 sem frete) que, porém, tem mais torque, menos peso e freios ABS. E seu visual chama muito mais a atenção do que modelos street como a Honda CG 160 Fan (R$ 9.625 sem frete). Isso sem citar que o modelo não é tão visado para roubo como suas concorrentes mais famosas.

O preço também é competitivo: R$ 12.490, já com frete incluso. A Dafra ainda oferece financiamento e consórcio de 72 meses para quem estiver interessado em adquirir o modelo. A Apache RTR 200 já está nas lojas nas cores vermelha fosca (como a unidade avaliada) e preta metálica.

VÍDEO RELACIONADO

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors