Nova Factor 150 é aposta da Yamaha para segmento de entrada

Novo modelo tem painel digital e parte de R$ 7.390
  1. Home
  2. Motos
  3. Nova Factor 150 é aposta da Yamaha para segmento de entrada
Agência Infomoto
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


Para aumentar sua participação entre as motos de entrada, a Yamaha apresenta no Salão Duas Rodas 2015, a nova Factor 150, modelo intermediário entre a Factor 125 e a Fazer 150. Equipado com motor flex de 150cc, o modelo tem design mais atual com farol poligonal e painel 100% digital. A fábrica aposta em um preço competitivo: R$ 7.390 na versão E, com rodas raiadas e freios a tambor, e R$ 7.990 para a ED, que tem freio a disco na dianteira e rodas de liga-leve – ambas têm partida elétrica.

Ricardo Tedesco, gerente de marketing da Yamaha, aposta na versatilidade e robustez da Factor 150. “A nova Factor oferece um desenho moderno e painel digital, que adotou marcador de marchas e conta-giros”, observa Tedesco, dizendo que a nova moto chega para ampliar a participação da marca na principal categoria do mercado nacional: as streets de 150cc.

Motor BlueFlex mais econômico

A Factor 150 está equipada com motor monocilíndrico de 149,3 cm³ com comando único no cabeçote (SOHC), injeção eletrônica de combustível e arrefecimento a ar. É o mesmo propulsor usado na Fazer 150, porém com pequenas alterações para ser mais econômico – foram feitas mudanças no ponto de ignição e uma relação secundária mais longa.

Este propulsor, segundo a marca, é capaz de produzir até 12,2 cv de potência, quando alimentado com gasolina, e 12,4 cv com etanol, na mesma faixa de giro máxima: 7.500 rpm. O torque máximo é de 1,285 kgf.m com gasolina e 1,295 kgf.m com etanol, disponível a 5.500 giros.

A Factor 150 também traz um tanque com capacidade para 15,7 litros para oferecer boa autonomia, câmbio de cinco velocidades e transmissão final por corrente. O novo motor já está de acordo com as regras ambientais da segunda fase do Promot 4, que entra em vigor a partir de janeiro de 2016.

Ciclística

Montada sobre um quadro tipo diamante feito em aço, a Factor 150 traz suspensão dianteira com garfo telescópico convencional e curso de 120 mm e suspensão traseira bichoque, com 92 mm de curso. Para atuar em conjunto com o sistema de absorção, a nova Factor 150 adotou pneus de medidas 90/90-18, o mesmo que calça a Factor 125.

Já o sistema de frenagem conta com disco de 245 mm de diâmetro de acionamento hidráulico e freio traseiro a tambor, com 130 mm de diâmetro, de acionamento mecânico, isso na versão “ED”. Na versão “E”, a moto traz freios a tambor em ambas as rodas.

No quesito ergonomia, a Factor 150 traz posição de pilotagem mais relaxada e confortável em comparação a Fazer 150. A nova street de 150 cc recebeu ainda um assento em dois níveis e com espuma de maior densidade.

Painel com indicador de marcha

O desenho da Factor 150 destaca-se pelo tanque de combustível mais robusto e as tomadas de ar injetadas em polipropileno com textura hexagonais. Para completar o conjunto, o modelo conta com farol esportivo, lanterna traseira bipartida e rabeta mais afilada, como na Fazer 150.

Completo e com mostrador totalmente digital, o painel de instrumentos traz indicador de marchas, relógio, hodômetro parcial e total e função fuel trip. Além, é claro, de luzes espia, farol alto e injeção eletrônica.

Outro grande diferencial é a adoção do conta-giros sensoriado, que dispensa o uso de cabo. A tarefa fica a cargo de um sensor instalado no motor que, por intermédio da ECU, o cérebro eletrônico da moto, calcula a rotação do motor.

Para orientar o piloto a uma condução ainda mais econômica, a Factor 150 traz, seguindo o padrão adotado nas motos de maior capacidade cúbica, o indicador ECO no painel de instrumentos, cujo indicador acende quando o motor trabalha na faixa de rotação de maior eficiência.

Cores e Preços

A versão ED, com rodas de liga e freio a disco, conta com quatro opções de cores - branca, laranja, preta e vermelha - e tem preço sugerido de R$ 7.990. Já versão E, com rodas raiadas e freios a tambor, custa R$ 7.390. Está disponível em três opções: branca, preta e vermelha. A expectativa da Yamaha é vender 4.000 unidades mês da nova Factor 150.

 

Outras novidades Yamaha no Salão Duas Rodas 2015

Além da pequena Factor 150, a Yamaha irá mostrar modelos mais sofisticados na edição 2015 do Salão Duas Rodas: a superesportiva YZF-R1 e a aventureira MT-09 Tracer. A nova superesportiva YZF-R1 estará exposta no estande da marca nas versões standard e R1M, com mais eletrônica e com peças em fibra de carbono. A nova R1 traz o que há de mais moderna em tecnologia embarcada para domar seu motor de quatro cilindros e mais de 200 cv de potência máxima. A marca ainda não definiu o preço de nenhuma das versões da superesportiva.

Já a Tracer é uma versão crossover da MT-09, que está à venda no Brasil. Mais versátil, o modelo traz o mesmo motor tricilíndrico de 847 cm³ e 115 cv, porém com carenagem e uma posição de pilotagem mais confortável. O modelo, que será montado em Manaus (AM), chega às concessionárias Yamaha em janeiro de 2016 em duas cores – vermelha e cinza – com preço sugerido de R$ 45.990. 

Comentários