Nova Honda Shadow 750

Modelo 2009 traz como principal novidade alimentação eletrônica de combustível para atender aos novos limites de emissão de poluentes
  1. Home
  2. Motos
  3. Nova Honda Shadow 750
Auto Informe
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Depois de acelerar a Honda Shadow 750 modelo 2009 fiquei na dúvida se estava realmente pilotando a nova versão da motocicleta custom equipada com injeção eletrônica de combustível. Não fossem as pedaleiras plataformas, a dupla saída de escape e as cores inéditas, diria que a nova Shadow é exatamente igual ao modelo 2008. Isso porque, apesar da alimentação mais eficiente, o desempenho da Shadow 2009 é muito semelhante ao de sua antecessora.

De acordo com os números de desempenho declarados pela Honda, o motor de dois cilindros em “V”, comando simples no cabeçote OHC, três válvulas por cilindro e refrigeração líquida da Shadow 2009 produz 45,5 cv a 5.500 rpm. Enquanto na versão anterior o bicilíndrico de exatos 745 cm³ oferecia 45,8 cv na mesma rotação. Mas como uma moto com uma alimentação mais eficaz pode ser mais “fraca” que o antigo modelo com carburadores?

A “culpa” dessa pequena diferença é da terceira fase do Promot Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares que passa a vigorar a partir de 1º de janeiro de 2009. De acordo com o Promot, a partir desta data os veículos de duas rodas só poderão produzir 2.0 g de monóxido de carbono CO por quilômetro rodado. O meio ambiente agradece!

Para atender ao Programa a Honda teve de instalar um catalisador maior e mais eficiente no escapamento da Shadow. Com isso, o desempenho da versão carburada ficaria muito prejudicado. “Realmente, a injeção proporciona um melhor desempenho. Mas no caso da Shadow adotamos o sistema para compensar a perda que o catalisador proporcionaria”, explica Alfredo Guedes, engenheiro mecânico de formação que ocupa o cargo de Analista de Relações Públicas da Honda.

Outra mudança do novo sistema de gerenciamento do motor foi o torque máximo de 6,5 kgf.m que agora chega nas 3.500 rpm – na anterior o par máximo era atingido nas 3.000 rotações. Dado que não é uma boa notícia se tratando de uma custom com motor em “V”, que tem como uma das principais qualidades a “força” em baixas rotações.

Estilo clássico

Assim como a injeção não significou grandes mudanças no desempenho da Shadow 750, as novidades estéticas do modelo 2009 também são discretas. A mais perceptível delas é a saída dupla de escape em substituição a única e, na minha opinião, exagerada ponteira do modelo anterior.

Outra boa mudança foram as opções de cores. A Honda apostou em três estilos diferentes: manteve a sóbria cor preta, mas agora com detalhes em laranja e um novo logotipo; um azul metálico que traz exatamente o mesmo grafismo em flames da cor prata 2008; e uma nova versão mais clássica na cor cinza metálico, com detalhes em preto e um emblema cromado. Apesar das novas cores, o estilo clássico dos pára-lamas, o painel sobre o tanque e a cara de custom “antiga” permaneceram neste modelo 2009.

Novidade que veio completar o conjunto estradeiro são as pedaleiras plataformas. Mais confortáveis e em harmonia com o restante da moto. Outro item que proporciona mais conforto é o novo guidão montado sobre coxins, que reduz as vibrações, e posicionado mais à frente e mais alto que no modelo 2008. Finalizando as discretas mudanças estão as luzes de advertência na mesa de direção, já que o painel exatamente igual ganhou uma nova luz de “check-up” da injeção.

Resumindo, a Shadow 750 continua sendo uma boa opção de moto estradeira. Pois, além do seu estilo clássico, manteve as suas qualidades para longas viagens: boa ergonomia e muito conforto para o motociclista.

A melhor novidade de todas, curiosamente, é o preço que continua o mesmo, apesar das melhorias tecnológicas. À venda a partir de junho, a Shadow 750 2009 tem preço público sugerido de R$ 29.980,00, no Estado de São Paulo, sem óleo, frete e seguro. Preço sugerido pela Honda, mas raramente praticado por sua rede de concessionárias.

FICHA TÉCNICA – Honda Shadow 750















MOTOR OHC, 4 tempos, 745 cm³, com 2 cilindros em “V” e arrefecimento a líquido
POTÊNCIA45,5 cv a 5.500 rpm
TORQUE6,5 kgf.m a 3.500 rpm
ALIMENTAÇÃO Sistema de Injeção eletrônica
CÂMBIO 5 velocidades e eixo cardã
PARTIDA Elétrica
RODAS Dianteira de 17” e traseira de 15”
PNEUS 120/90 - 17 M/C 64S e 160/80 - 15 M/C 74S
CHASSI Berço duplo de aço, com comprimento de 2.503 mm, largura de 920 mm, entreeixos de 1.639 mm, altura do assento de 660 mm, altura em relação ao solo de 130 mm e peso a seco de 247 kg
TANQUE -
SUSPENSÃO Dianteira com garfo telescópico de 140 mm de curso e traseira dupla amortecida com 90 mm de curso
FREIOSDianteiro com disco de 296 mm de diâmetro e traseiro a tambor de 180 mm
COR Preta, Azul metálica e cinza metálica
PREÇO R$ 29.980


Gosta de motos para viajar?

Então veja aqui no WebMotors a enorme ofertas de modelos para este segmento:

BMW R 1200GS

Suzuki V-Strom DL 1000

Triumph Tiger 1050 S

Leia também:

Suzuki GSX-R 1000

Green Sport 150

Com dois motores elétricos, Motor-Z S1000 tem emissão zero

Yamaha XTZ 125 X, uma supermotard de fábrica

Miza Drago 150, a custom do povo chinês

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors