Nova KTM 390 Duke encara fortes concorrentes

Nova geração da naked austríaca chega ao Brasil por R$ 23.990 apostando em visual arrojado e conectividade

  1. Home
  2. Motos
  3. Nova KTM 390 Duke encara fortes concorrentes
Agência Infomoto
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O modelo 2018 da KTM 390 Duke desembarcou agora em maio no Brasil. Quem já apreciava o estilo esportivo e as linhas exclusivas da naked de 373,2 cm³ agora terá também tecnologia de espelhamento do smartphone no novo painel, dentre outras melhorias. Com visual mais arrojado e farol de LED, o novo modelo, embora chegue só agora ao País, é vendido desde março de 2017 no exterior.

A nova geração da compacta naked premium tem preço sugerido de R$ 23.990 e vai encarar uma forte concorrência no segmento. São outros quatro modelos que custam entre R$ 21.190 e R$ 23.900. Conheça um pouco mais sobre a nova 390 Duke e suas principais concorrentes.

 O painel, totalmente digital, é a grande novidade na segunda geração da Duke 390
Legenda: O painel, totalmente digital, é a grande novidade na segunda geração da Duke 390
Crédito: Divulgação

KTM 390 Duke 2018 - R$ 23.990

icon photo
Legenda: A segunda geração da KTM Duke 390 custa R$ 23.990
Crédito: Divulgação

Para vencer essa batalha, a segunda geração da KTM 390 Duke tem como principal atrativo a conectividade. Com o app “KTM my Ride”, o smartphone pode ser “espelhado” no novo painel de instrumentos da moto, que mais parece um tablet.

icon photo
Legenda: O aplicativo "KTM my Ride”, permite conectar o painel da Duke 390 ao smartphone
Crédito: Divulgação

O acelerador eletrônico sem fio (ride-by-wire) e o novo visual das lâmpadas de LED no farol completam o pacote de modernidades. Além disso, o sistema de freios também está aprimorado. Na dianteira o disco passou de 300 para 320 mm.

icon photo
Legenda: O motor de um cilindro da KTM Duke 390 oferece a potência máxima de 44 cavalos
Crédito: Divulgação

Essa naked possui um forte caráter esportivo. Ela pesa apenas 149 quilos (a seco) e seu motor de um cilindro é capaz de gerar 44 cavalos a 9.000 giros. Associada a essa boa potência, a ciclística impecável convida à pilotagem esportiva. As suspensões (invertida na dianteira e monochoque na traseira) e as rodas de 17 polegadas, calçadas com pneus esportivos, completam um conjunto perfeito para quem gosta de acelerar forte nas curvas.

icon photo
Legenda: O quadro em treliça reforça o design agressivo da Duke 390 que pesa apenas 149 kg (a seco)

Kawasaki Z 300 - R$ 20.890

 A Kawasaki Z 300 pede que o piloto use o câmbio forma constante para buscar o melhor desempenho
Legenda: A Kawasaki Z 300 pede que o piloto use o câmbio forma constante para buscar o melhor desempenho
Crédito: Infomoto

Com menor potência entre as concorrentes, a Z 300 usa motor de dois cilindros paralelos. Com 296 cm³ de capacidade o propulsor atinge a potência máxima de 39 cv a 11.000 rpm e o torque de 2,75 kgf.m a 10.500 rpm. Com isso a Z exige giro alto para ter um bom desempenho. Indicada para pilotos que gostam de trocar marchas, seu uso apropriado é nas estradas onde mostra seu potencial.

icon photo
Legenda: O painel da Kawasaki Z 300 é imponente e se destaca pelo enorme conta-giros, muito útil na pilotagem
Crédito: Divulgação

O conjunto de suspensão não tem grandes atrativos: garfo telescópico convencional na dianteira e, na traseira, o monoamortecedor oferece cinco regulagens na pré-carga da mola. No seu tanque de combustível cabem 17 litros e o peso da 300Z é de 170 kg (em ordem de marcha). A versão completa, com ABS, custa R$ 20.890; mas a marca também comercializa uma versão sem o sistema de freios antitravamento que sai por R$ 18.890.

icon photo
Legenda: A Kawasaki Z 300 é a concorrente mais barata, custa R$ 20.890
Crédito: Divulgação

Yamaha MT-03 - R$ 21.550

 O tanque da Yamaha MT-03 tem capacidade para 14 litros, a moto pesa 169 kg já abastecida
Legenda: O tanque da Yamaha MT-03 tem capacidade para 14 litros, a moto pesa 169 kg já abastecida
Crédito: Divulgação

Modelo mais vendido entre as compactas premium, a Yamaha MT-03 tem um design marcante. Robusta e encorpada parece ser uma moto maior. Ela usa propulsor de dois cilindros que produz 42 cv de potência máxima a 10.750 rpm, enquanto o torque de 3,02 kgf.m só aparece a 9.000 rpm.

icon photo
Legenda: O painel da MT-03 também informações de forma analógica e digital
Crédito: Divulgação

Sua suspensão dianteira traz bengalas convencionais e somente existe regulagem (de pré-carga) na traseira monoamortecida. Seu peso é de 169 kg (em ordem de marcha) e o tanque tem capacidade para 14 litros. No painel existem informações digitais e analógicas e o LED está presente na iluminação. Seu preço é de R$ 21.550.

icon photo
Legenda: A Yamaha MT-03 é a mais vendida e custa R$ 21.550
Crédito: Divulgação

BMW G 310R - R$ 21.900

 A ciclística refinada é o ponto forte da BMW G 310R
Legenda: A ciclística refinada é o ponto forte da BMW G 310R
Crédito: Divulgação

Além da KTM, a BMW G 310R é a única equipada com motor de um cilindro. O propulsor tem 313 cm³ de capacidade, refrigeração líquida, comando duplo no cabeçote e atinge a potência máxima de 34,4 cv. O torque máximo do modelo é de 2,85 kgf.m a 7.500 rpm. A motorização dessa BMW a torna agradável para rodar em baixas velocidades no trânsito urbano.

icon photo
Legenda: Painel digital e suspensão invertida na dianteira são características da BMW G 310R
Crédito: Divulgação

Assim como seu visual e acabamento - painel digital e lanterna traseira de LED - a suspensão merece destaque. O conjunto usa garfo invertido na dianteira e um amortecedor na traseira. Seu peso em ordem de marcha é de 158,8 kg e a capacidade do tanque é de 11 litros. Seu preço é de R$ 21.900.

icon photo
Legenda: Para ter uma BMW G 310 R em sua garagem o consumidor pagará R$ 21.900
Crédito: Divulgação

Honda CB 500F – R$ 23.900

 Conforto e suavidade na pilotagem são características da Honda CB 500 F
Legenda: Conforto e suavidade na pilotagem são características da Honda CB 500 F

Equipada com motor de dois cilindros em linha com 471 cm³, a naked da Honda produz 50,4 cv de potência máxima a 8.500 giros; e torque de 4,55 kgf.m a 7.000 rpm. Números que fazem a CB 500 ter desempenho melhor do que as concorrentes, um resultado direto de seu motor de maior capacidade cúbica. Por outro lado, a Honda é bem mais pesada que as outras nakeds compactas: 178 kg (a seco) e ainda mais 16,7 litros de gasolina no tanque.

icon photo
Legenda: Painel compacto e totalmente digital também está presente na Honda CB 500F

Outros predicados do modelo são o conforto do seu banco largo e o funcionamento agradável do motor que é bem elástico e oferece retomadas imediatas. Farol de LED e o novo design conferiram um aspecto mais moderno e agradável a essa Honda que traz também regulagem na suspensão dianteira. O modelo custa R$ 23.900.

icon photo
Legenda: A CB 500 F é a mais pesada (178 kg, a seco) e seu preço é de R$ 23.900
Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors