Pneu Pirelli Diablo Rosso IV Corsa chega ao Brasil

Modelo para motos de alta desempenho tem muita tecnologia e promete performance arrasadora em pisos secos e molhados

  1. Home
  2. Motos
  3. Pneu Pirelli Diablo Rosso IV Corsa chega ao Brasil
Roberto Dutra
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Pirelli aproveitou o Festival Interlagos, que acontece no autódromo da capital paulista, para lançar no mercado brasileiro o esperadíssimo pneu Diablo Rosso IV Corsa. Segundo a marca, é um pneu com tecnologias herdadas das pistas de corrida e indicado para motocicletas de alto desempenho. O Diablo Rosso IV Corsa promete aderência excepcional em pisos secos e molhados e, por ter uma superfície de contato com o solo mais larga do que o habitual, elevado grip mesmo nas inclinações mais extremas.

- O Diablo Rosso IV Corsa é um produto de alto desempenho, desenvolvido nas pistas de corrida, que permite ao motociclista usufruir de todos os recursos e performance das principais motos esportivas do mercado - afirma Rutembergue Fonseca, diretor comercial e de marketing moto da Pirelli para a América Latina.

O pneu chega ao mercado brasileiro em um momento especial para a marca: a Pirelli está comemorando 150 anos de existência. Por isso, uma série limitada do Diablo Rosso IV Corsa será vendida com um logotipo "150 anos" estampado nas laterais do pneu.

Pirelli Diablo Rosso Corsa Iv 5
Os pneus têm grandes áreas com 100% de sílica - quanto mais sílica nos compostos, maior é a aderência
Crédito: Divulgação
toggle button

Banda de rodagem

Com design de banda de rodagem em forma de relâmpago, o Diablo Rosso IV Corsa oferece ainda mais aderência do que Diablo Rosso Corsa. Tem banda de rodagem mais lisa, que garante uma área de contato maior, e usa compostos que aumentam os níveis de aderência mecânica. A fabricante diz que tecnologias aplicadas à carcaça tornam o pneu capaz de aderir à microperfuração do asfalto, garantindo um feedback mais preciso e uma melhor sensação de controle da moto. Além disso, as características do padrão da banda de rodagem, com a repetição calculada das ranhuras, gera alta resistência ao estresse e equilíbrio térmico ideal.

Na área central, os sulcos longitudinais garantem estabilidade direcional e evacuação da água. O design permite um desgaste uniforme e aumenta a estabilidade estrutural do pneu, o que permite várias "sessões de pilotagem" com o mesmo desempenho - algo muito útil em track days, por exemplo.

Na área intermediária, ranhuras lineares de diferentes comprimentos são posicionadas em um esquema que equilibra a flexibilidade do composto e a evacuação da água. O pneu ainda tem uma grande área lisa nos ombros, que oferece altos níveis de aderência, precisão e estabilidade em ângulos máximos de inclinação.

Pirelli Diablo Rosso Corsa Iv 3
O pneu Pirelli Diablo Rosso IV Corsa tem muita área lisa, o que garante excelente aderência aos microfuros do asfalto
Crédito: Divulgação
toggle button

O pneu dianteiro é dividido em três áreas, com dois compostos diferentes: a zona central tem um composto com 100% de sílica, que ocupa cerca de 45% da largura da seção e está presente na área de contato usada em até 25 graus de inclinação. Já as áreas laterais têm um composto mais macio, também com 100% de sílica, e graças ao uso de resinas modernas oferece elevada aderência.

O pneu traseiro, por sua vez, também é bicomposto. O composto central com 100% de sílica permite aquecimento rápido e alta aderência química em diferentes condições de superfície. Nos ombros, o composto é 100% Carbon Black e deriva diretamente dos compostos do Diablo Supercorsa SC usado em competições. Este composto oferece suporte em plena inclinação e tração durante a aceleração, suportando com eficiência o torque gerado pelos motores das superbikes de última geração.

Os perfis dos pneus são derivados dos pneus usados nas provas do World Superbike. E na área central a superfície de contato foi otimizada para permitir uma troca de direção  imediata, mas segura e progressiva. Nas áreas laterais, contudo, a curvatura do perfil é menos acentuada para aumentar a área de contato e garantir a tração nas curvas. Os pneus dianteiros e traseiros seguem um design de perfil semelhante, garantindo assim um comportamento equilibrado e neutro.

Pirelli Diablo Rosso Corsa Iv 1
O pneu Pirelli Diablo Rosso IV Corsa srá vendido em nove diferentes medidas, sendo duas para roda dianteira e sete para roda traseira
Crédito: Divulgação
toggle button

Estrutura

Por dentro, o Diablo Rosso IV Corsa tem estrutura também derivada dos pneus usados nas competições. Tem cinta de aço de zero grau, que consegue se adaptar perfeitamente a diferentes níveis de estresse sem comprometer o conforto e trabalhar de forma ideal com os mais avançados controles eletrônicos das motos.

A tecnologia de rigidez das cordas garante estruturas mais rígidas e, ao mesmo tempo, distribuídas com 20% menos densidade em comparação com um pneu esportivo padrão, como o Diablo Rosso III. Esse esquema deixa mais espaço para o composto de borracha, o que melhora a sensação de pilotagem e a precisão na condução graças às propriedades de amortecimento do conjunto.

Veja abaixo as medidas do pneu Diablo Rosso IV Corsa disponíveis no mercado brasileiro:

Dianteiros

110/70 ZR 17 M/C 54W TL 07/2022

120/70 ZR 17 M/C (58W) TL 01/2022

Traseiros

150/60 ZR 17 M/C 66W TL 07/2022

180/55 ZR 17 M/C (73W) TL 01/2022

180/60 ZR 17 M/C (75W) TL 03/2022

190/50 ZR 17 M/C (73W) TL 06/2022

190/55 ZR 17 M/C (75W) TL 01/2022

200/55 ZR 17 M/C (78W) TL 04/2022

200/60 ZR 17 M/C (80W) TL 04/2022

Uma pitada de história

A Pirelli nasceu na cidade italiana de Milão em 28 de janeiro de 1872 e começou suas operações com produtos de borracha diversificados. Os primeiros pneus, para bicicletas, foram produzidos em 1890. Já em 1897 a marca começou a participar de competições de motocicletas em 1897 e passou a ser fornecedora do Campeonato Mundial de Superbike em 2004 - hoje é a única fabricante de pneus do mundo que exerce essa atividade.

Comentários