Que tal rodar à moda antiga? Com motos retrô

Listamos 15 motocicletas vendidas no Brasil que têm visual que te deixam no maior estilo vintage!

  1. Home
  2. Motos
  3. Que tal rodar à moda antiga? Com motos retrô
Roberto Dutra
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Se andar de moto é sempre bom, se for cheio de estilo é mais ainda. Existem vários: o motoqueiro malvadão que pilota a custom de jeans e colete, o "jaspion" que acelera a superbike com seu macacão e a galera vintage, que curte umas roupas mais elegantes e, assim, prefere as chamadas "modern classics" - motos atuais, mas que têm um visual à moda antiga, mais retrô.

É impossível não se destacar com elas nas ruas e estradas. Por isso, listamos aqui 15 motos zero-quilômetro vendidos no Brasil com os quais você pode desfilar bonito, no estilo retrô - e com segurança, o que é sempre importante!

15 motos com estilo retrô

1. Royal Enfield Interceptor 650 - R$ 24.990

Thumbnail 1. Royal Enfield Interceptor 650
A Interceptor 650 tem feito sucesso devido ao custo/benefício. É a mais barata das motos retrô do país
Crédito: Divulgação

Esse modelo tem feito grande sucesso no mercado brasileiro principalmente devido à relação custo/benefício: é a mais barata das motos retrô à venda no país. Mas suas virtudes vão além: é bonita, elegante e seu motor bicilíndrico de 650 cm³ e 47 cv de potência, simples e eficiente. Diversão pura.

2. Royal Enfield Continental GT - R$ 25.990

Thumbnail 2. Royal Enfield Continental Gt 650
A Continental GT compartilha a parte mecânica com a Interceptor 650
Crédito: Divulgação

Compartilha a parte mecânica com a Interceptor mas tem acabamentos e roupagem diferentes, à moda cafe racer. Essas características implicam em ergonomia e posição de pilotagem também diferentes, que proporcionam uma outra pegada, quase esportiva.

3. Triumph Street Twin - R$ 48.990

Thumbnail 3. Triumph Street Twin
A Street Twin é uma espécie de "modelo de entrada" na linha de clássicas modernas da Triumph
Crédito: Divulgação

Modelo inspirado na Bonneville de 1959, a Street Twin é leve e ágil no trânsito urbano. São 900 cm³ e 65 cv no motor bicilíndrico, que assovia lindamente quando exigido.

4. Triumph Speed Twin - R$ 56.990

4. Triumph Speed Twin
A Triumph Speed Twin une visual clássico com desempenho forte, uma das típicas motos retrô
Crédito: Divulgação

 

Um dos mais recentes lançamentos da marca inglesa, tem visual robusto, pintura estilosa e motor de 1.200 cm³ com forçudos 97 cv de potência. Uma moto para quem quer desfilar no jeito retrô, mas também curte adrenalina.

5. Triumph Street Scrambler - R$ 51.990

5. Triumph Street Scrambler
Triumph Street Scrambler: clássica para ir além do ambiente urbano
Crédito: Divulgação

Usa o mesmo motor da Street Twin e, portanto, tem as mesmas especificações. Mas as semelhanças param por aí: como toda Scrambler, vai além da vida urbana e, para isso, tem guidom mais alto, escape duplo elevado e para-lama traseiro distante do pneu.

6. Triumph Scrambler 1.200 - R$ 66.990

A Scrambler 1.200 é uma Triumph retrô com certa aptidão para off-road
Crédito: Divulgação

Espécie de irmã maior da Street Scrambler, essa aqui é uma das motos retrô para ir ainda mais longe, roda inclusive por estradinhas de terra e outros trechos menos convidativos. O conjunto com o mesmo motor 1.200 da Speed Twin aliado a suspensões altas e pneus de uso misto garante a segurança em eventuais trajetos off-road.

7. Triumph Bonneville T100 - R$ 50.490

No Brasil desde 2013, a Bonneville T100 é a mais clássica das Triump
Crédito: Divulgação

A mais clássica das "modern classics" da Triumph chegou ao Brasil em 2013 e desde então conquistou uma legião de fãs. Elegantíssima, confortável e giradora, tem o mesmo motor de 900 cm³, da Street Twin, mas com 55 cv de potência.

8. Triumph Bonneville T120 - R$ 54.990

A Bonneville T120 é uma irmã maior mais forte da T100
Crédito: Divulgação

A irmã maior da T100 tem a mesma proposta, porém com um desempenho mais forte - proporcionado pelo mesmo motor de 1.200 cm³ (porém com 80 cv) de alguns outros modelos da linha Triumph. Aqui, é estilo com mais pressão no acelerador!

9. Triumph Bonneville Bobber Black - R$ 58.990

A Bobber é a Bonneville mais despojada e radical: só leva o piloto
Crédito: Divulgação

O mais radical e despojado modelo da linha Bonneville propõe passeios curtos e solitários: não vem com banco nem pedaleiras para garupa. Tem banco tipo selim, guidom reto e espelhos nas pontas dos punhos. Um arraso visual, mas também com desempenho forçudo: são 1.200 cm³ e 77 cv de potência.

10. Triumph Thruxton 1.200 R - 66.690

O estilo cafe racer aparece forte na Triumph Thruxton 1.200
Crédito: Divulgação

A cafe racer da linha de motos clássicas da Triumph segue a cartilha à risca: tanque com encaixes para os joelhos do piloto, guidom baixo, um escape de cada lado, ambos apontando "para cima", capa sobre o banco para simular monoposto e detalhes em dourado. Aqui, são 1.200 cm³ e 97 cv.

11. Ducati Scrambler Icon - R$ 59.990

A Ducati Scrambler Icon tem motor L2 de 803 cm³
Crédito: Divulgação

Essa italiana nervosinha é uma das mais divertidas motos da atualidade. Ágil na cidade e apta a um off-road leve, ainda tem um visual tipicamente scrambler com sua rabetinha curta e o charme inerente às motos da marca italiana. O motor bicilíndrico em L de 803 cm³ rende 73 cv de pura diversão.

12. Kawasaki Z900 RS - R$ 53.990

A Kawasaki Z900 RS tem motor forte e ciclística excepcional
Crédito: Divulgação

Inspirada na Z1 Super Four de 1972, a Z900 RS é uma daquelas típicas motos japonesas de altíssimo nível: tem não apenas um visual bonito e uma mecânica digna de aplausos - motor quatro-em-linha de 948 cm³ e 109 cv - com modernidades como controle de tração e embreagem assistida e deslizante e, ainda, uma ciclística excepcional, que faz a moto parecer bem menor e mais leve nas mãos do piloto.

13. Kawasaki Z900 Café - R$ 52.990

A versão "cafe" da Z900 RS tem várias peças diferentes, como carenagem, guidom e banco
Crédito: Divulgação

Essa versão tem várias diferenças para justificar a proposta cafe racer: carenagem "torpedo" na frente, guidom mais baixo, pintura em duas cores e banco mais curtinho, entre outras. Mecânica e ciclística são iguais em desempenho e eficiência. Difícil escolher entre essas duas Kawasakis!

14. Honda CB 650R - R$ 42.630

A CB 650R mistura passado, presente e futuro. É o que a Honda chama de "Neo Sports Cafe"
Crédito: Divulgação

Motor de quatro cilindros em linha, garfos dianteiros invertidos, painel todo digital e iluminação full-LED são algumas das características desse modelo, que compõe a linha Neo Sport Cafe da marca japonesa com a irmã maior. Ambas apostam na mistura de modernidades mecânicas e eletrônicas com um visual "retrô modernoso". Para acelerar o motor de 650 cm³ e 88 cv de potência e não se estressar.

15. Honda CB 1.000R - R$ 61.510

A CB 1.000R é a irmã maior da 650R: motor quatro-em-linha rende 141 cv de potência
Crédito: Divulgação

Irmã maior da CB 650R, tem as mesmas características visuais, porém com mais modernidades (acelerador eletrônico, shift-light, controle de tração) para se emocionar com os 141 cv de potência produzidos pelo motor quatro-em-linha de 998 cm³. Pressão máxima.

Tags:Lista
Comentários