Rocket 3: mais uma Triumph ganha série limitada

Assim como Bonneville, Thruxton e Street Twin, versão especial da grandona também será vendida por um ano na Inglaterra

  1. Home
  2. Motos
  3. Rocket 3: mais uma Triumph ganha série limitada
Roberto Dutra
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Parece que, este ano, edições especiais são mesmo a principal aposta da Triumph. Depois de Boneville, Thruxton e Street Twin, agora a poderosa Rocket 3 também ganha séries limitadas especiais nas versões R e GT. Assim como as outras, elas também serão vendidas na Inglaterra por apenas um ano.

Triumph Rocket 3 221 Special Edition (6)
A Triumph Rocket é a moto de produção seriada com maior motor no mundo: são 2.458 cm³ no tricilíndrico em linha!
Crédito: Divulgação
toggle button

O nome é "221 Special Edition". O número alude ao torque do motor na medida usada na Inglaterra - são 221 Newton-Metros. Aliás, a desculpa para criar essa edição limitada foi justamente "celebrar" o motor da Rocket - que tem a maior capacidade cúbica entre motos produzidas em série no mundo: o tricilíndrico em linha tem 2.458 cm³, que produzem 167 cv de potência máxima a 6.000 rpm com torque (agora na medida brasileira) de 22,5 kgf.m a 4.000 rpm.

Pintura marcante

Triumph Rocket 3 221 Special Edition (1)
Neste ângulo podemos ver bem as saídas dos três enormes cilindros, que viram duas ponteiras de escape
Crédito: Divulgação
toggle button

Outras especificações importantes da moto são câmbio de seis marchas, embreagem assistida, suspensões Showa - dianteiras invertidas e traseira com "piggy-back" (reservatório externo de gás), freios Brembo Stylema com quatro pistões, tancão para 18 litros, exclusivas rodas de alumínio com 20 pontas e pneu 240 mm na traseira.

Triumph Rocket 3 221 Special Edition (2)
A versão GT é mais a voltada para viagens: vem de fábrica com encosto para garupa e para-brisa
Crédito: Divulgação
toggle button

Mas o torque é mesmo o principal destaque na pintura e nos grafismos da série especial. Por isso, a moto exibe na laterais do tanque, ao lado do logotipo estilizado, o número "221" em letras garrafais e na cor preta. E, mais charmoso ainda, na parte superior do tanque um curioso adesivo que elenca as principais especificações do motor - capacidade cúbica, potência, torque e até diâmetro e curso dos pistões.

E, ali do lado, a inscrições "Triumph Motorcycles" e "Hinckley UK" (local onde fica a fábrica da marca). Tudo isso vai sobre uma linda pintura na cor vermelha metálica que parece ser quase incandescente.

Na parte superior do tanque, destaque para as especificações do motor: capacidade cúbica, torque, potência, diâmetro e curso
Crédito: Divulgação
toggle button

O para-lamas dianteiro segue o padrão, com pintura vermelha na parte superior e preta nas laterais. O traseiro, que é quase invisível, é todo na cor preta. E no meio de tudo surge o enorme motor, com muitos cromados lhe dando toda a visibilidade do mundo.

Nas laterais do tanque, o número "221" vai bem destacado: torque do,motor na medida europeia (Newton-Metros)
Crédito: Divulgação
toggle button

O painel é uma telinha de TFT com conectividade Bluetooth. Já a eletrônica inclui ABS com atuação em curvas, quatro modos de pilotagem (um personalizável), iluminação full-LED e controles de partida em rampa, de velocidade e de tração, além de chave presencial, punhos aquecidos na versão GT e tomadinha USB. A Rocket 221 Special Edition custa, na Inglaterra, entre 21.100 e 21.200 libras (média de R$ 158 mil pela cotação de 25 de novembro).

Comentários