Royal Enfield chega ao Brasil: conheça as motos

De origem inglesa, hoje controlada pela indiana Eicher Motors, a centenária terá três modelos partindo de R$ 18.900

  1. Home
  2. Motos
  3. Royal Enfield chega ao Brasil: conheça as motos
Agência Infomoto
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Como o diretor de negócios internacionais da Royal Enfield, Arun Gopal, já havia confirmado à INFOMOTO no ano passado, a centenária marca de origem inglesa, atualmente controlada pelo grupo indiano Eicher Motors, inaugura hoje (20 de abril) a sua primeira concessionária oficial no Brasil.


As operações no País serão comandadas pela subsidiária local que irá distribuir as motos, nomear revendedores e dar o suporte no pós-vendas aos clientes brasileiros. A Royal Enfield do Brasil é a segunda distribuição direta da empresa fora da Índia – a outra opera nos Estados Unidos.

icon photo
Legenda: Loja Royal Enfield
Crédito: Loja Royal Enfield



Inicialmente, a Royal Enfield terá apenas uma concessionária na cidade de São Paulo e não há previsão de abrir outras lojas neste ano. “Queremos primeiro aprender e entender o potencial de nossos produtos no mercado brasileiro”, afirmou Rudratej Singh, presidente da Royal Enfield. O diretor geral da marca no Brasil, Claudio Giusti, evita até em falar sobre previsão de vendas. “Nosso objetivo inicial é trazer a filosofia da Royal Enfield ‘do prazer de pilotar’ para o Brasil e ampliar a comunidade de fãs da marca no País”, declarou Giusti. 


icon photo
Legenda: Presidente Royal Enfield
Crédito: Presidente Royal Enfield



A concessionária localizada no bairro de Moema, em São Paulo (SP), irá comercializar inicialmente três modelos de motos, que são fabricadas na Índia e importadas no sistema CBU (completely built-up), para o País. O modelo de entrada, a Bullet 500, tem preço sugerido de R$ 18.900. Já a Continental GT, uma cafe racer com motor de 535 cc, será o modelo mais caro, vendido por R$ 24.500 na versão com freios ABS. Conheça tudo sobre os motos que a Royal Enfield irá vender no Brasil, inclusive o preço:

Bullet 500 – R$ 18.900


icon photo
Legenda: Royal Enfield Bullet
Crédito: Royal Enfield Bullet



Criada em 1932, a Bullet detém o recorde de motocicleta mais antiga em produção contínua no mundo, segundo a própria Royal Enfield. Espécie de modelo street, conserva o mesmo visual clássico e um robusto motor de 499 cm³. Embora seja alimentado por injeção eletrônica, o monocilíndrico tem refrigeração a ar e desempenho modesto: 27,5 cv de potência máxima a 5.250 rpm e torque de 4,2 kgf.m a 4.000 rpm. Com câmbio de cinco marchas e transmissão final por corrente, a Bullet pesa 195 kg em ordem de marcha. 

icon photo
Legenda: Royal Enfield Bullet
Crédito: Royal Enfield Bullet



O modelo usa rodas raiadas - aro 19 na dianteira e 18 na traseira – com garfo telescópico na frente e sistema bichoque atrás. Freio a disco somente na roda dianteira, e não terá ABS. A Bullet será vendida em três opções de cores: preto/prata, verde/dourado e cinza/laranja pelo preço de R$ 18.900

Classic 500cc – a partir de R$ 19.900


icon photo
Legenda: Royal Enfield Classic Desert Storm
Crédito: Royal Enfield Classic Desert Storm



A Classic utiliza o mesmo motor monocilíndrico da Bullet, porém seu visual remete às motos da Segunda Guerra Mundial. O modelo também tem câmbio de cinco marchas e sua ciclística é bastante semelhante à Bullet, com rodas raiadas, suspensão telescópica, na dianteira, amortecimento bichoque, na traseira. O freio usa disco na frente e tambor atrás, mas será oferecida uma versão com ABS. Embora apareça nas fotos com apenas o banco do piloto, o modelo também vem com assento da garupa.


icon photo
Legenda: Royal Enfield Classic Squadron Blue
Crédito: Royal Enfield Classic Squadron Blue



A Classic Regular terá três opções de cores – azul, bege e preta – com preço sugerido de R$ 19.900 e R$ 20.900, para a versão com ABS. Também haverá as versões com pintura militar – Battle Green (verde), Squadron Blue (azul) e Desert Storm (bege fosco) – com preços de R$ 21.000 (sem ABS) e R$ 22.000 (com ABS). Há também uma opção toda cromada, chamada de Classic Chrome, que será vendida por R$ 21.900 (R$ 22.900 com ABS).

Continental GT – a partir de R$ 23.000


icon photo
Legenda: Royal Enfield Continental GT
Crédito: Royal Enfield Continental GT



Inspirada nas cafe racers dos anos de 1950, o modelo foi um dos mais recentes lançados pela Royal Enfield. Desenvolvida no centro técnico da marca na Inglaterra, a Continental GT tem tudo para agradar os fãs de customização com seus dois semiguidões, banco solo e cobertura na rabeta. O monocilíndrico injetado tem 535 cm³ de capacidade, refrigeração a ar e produz 29,5 cv de potência máxima a 5.100 rpm. Na parte ciclística, utiliza garfo telescópico na dianteira e dois amortecedores da marca Paioli na traseira. As rodas aro 18 calçam pneus Pirelli Sport Demon e freio a disco em ambas as rodas – a pinça dianteira é da grife Brembo.


icon photo
Legenda: Royal Enfield Continental GT
Crédito: Royal Enfield Continental GT



A Continental GT também terá três cores: preta, verde e vermelha. O preço público sugerido é de R$ 23.000 para a versão standard e R$ 24.500 para a versão com freios ABS.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors