Sinal verde para a temporada 2011 da MotoGP

Rossi na Ducati, Lorenzo defendendo o título e o último ano dos motores 800 cm³. Confira como estão as equipes para este ano!
  1. Home
  2. Motos
  3. Sinal verde para a temporada 2011 da MotoGP
Agência Infomoto
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- A temporada 2011 do Mundial de Motovelocidade vai começar neste final de semana no Catar. Chamada de MotoGP, a categoria máxima do motociclismo mundial pode ser considerado a Fórmula 1 das motocicletas. Isso porque o campeonato visita 13 países, em quatro continentes, nas suas 18 etapas ao longo do ano – de março a novembro. E este ano a expectativa é muito grande. Será a última temporada disputada com motores quatro tempos de 800 cm³. A partir de 2012 voltam ao grid os motores de 1000 cc, extinguidos em 2007.
Mas essa não é a principal razão para acompanhar a temporada 2011 da MotoGP. Valentino Rossi, nove vezes Campeão do Mundial, fará sua estreia na equipe oficial Ducati. O “casamento” entre o piloto nascido em Urbino e a moto da marca de Borgo Panigale foi muito aguardado – desde 1972, quando Giacomo Agostini e MV Agusta ganharam o título mundial na categoria 500 cc, uma dupla de moto e piloto italiano não fatura a taça.

Todavia, as motos Ducati da MotoGP são tidas como ‘cavalos bravos’ e cabe ao multicampeão domá-las. Para isso, Il Bambino d’oro o garoto de ouro, como é conhecido, levou toda sua equipe para a marca italiana, a fim de repetir os feitos que realizou nas equipes Honda e Yamaha, onde faturou sete títulos mundiais. Nicky Hayden, campeão do mundo em 2006 pela Honda, é o companheiro de equipe de Rossi nesta temporada.

Por outro lado, a Yamaha tem o atual Campeão Mundial, o marrento espanhol Jorge Lorenzo. Com uma temporada impecável no ano passado, Lorenzo chega com ares de favorito a esta temporada. Quem o acompanha na Yamaha Factory, equipe principal da marca japonesa, é o norte-americano Ben Spies. Em sua segunda temporada na MotGP, Spies é uma promessa que precisa ser consolidada, pois potencial já mostrou que tem.

A Honda vem muito forte este ano para o Mundial de Motovelocidade com três pilotos no grid. Contratou o australiano Casey Stoner, Campeão Mundial em 2007, e não abriu mão dos dois pilotos da temporada passada, Daniel Pedrosa e Andrea Dovizioso. A gigante japonesa tem dominado todos os teste da pré temporada e terminou na ponta os últimos testes oficiais realizados em 14 de março. Stoner e Pedrosa, respectivamente, foram os mais velozes no circuito de Losail, no Catar, mesmo palco da abertura da temporada 2011 no domingo, 20 de março.

Experiência e juventude

O título deve ficar com algum dos pilotos citados acima. Entretanto, há estrelas no grid que merecem respeito. Loris Capirossi é um exemplo disso. O veterano italiano de 37 anos competirá pela equipe satélite — não oficial — Pramac Ducati e promete dar tudo de si no que pode ser sua última temporada. O francês Randy de Puniet correrá ao lado de Capirossi na Pramac. Com 30 anos, De Puniet é um piloto experiente que tem tudo para fazer uma boa participação no Mundial. Colin Edwars também se destaca. O norte-americano está com 37 anos e, competindo pela equipe satélite da Yamaha, a Monster Tech 3, quer andar no pelotão da frente.

Também fazem parte do grid de 2011 muitas promessas. Marco Simoncelli, que está na San Carlo Honda Gresini, fez excelentes provas na temporada passada. Com apenas 24 anos, este italiano é ousado e destemido, características que podem levá-lo a alguns pódios. Outro que merece destaque é Álvaro Bautista. Também com 24 anos, o espanhol será o único representante da equipe oficial Suzuki, a Rizla Suzuki. E por fim, o tcheco Karel Abraham. Com 21 anos, apenas, Abraham tem uma única vitória no Mundial, pela categoria Moto2. Mesmo assim ele estará no grid da MotoGP em 2011, competindo pela equipe Cardion AB Motoracing — Ducati não oficial.

Etapa do Japão é adiada por conta do terremoto
Após o terremoto e o tsunami que atingiram o Japão, a etapa do campeonato Mundial de Motovelocidade, que aconteceria no dia 24 de abril no país, foi adiada para 2 de outubro, no circuito de Motegi. O GP japonês acontecerá entre as etapas de Aragón, na Espanha, e Phillip Island, na Austrália. O circuito Twin Ring Motegi está fechado desde a semana passada, com estragos no asfalto e arquibancadas, consequência do terremoto.

Calendário da temporada 2011:

20 de Março - Circuito de Losail, no Catar
03 de Abril - Circuito de Jerez de La Frontera, na Espanha
01 de Maio - Circuito de Estoril, em Portugal
15 de maio - Circuito de Le Mans, na França
05 de Junho - Circuito da Catalunha, na Espanha
12 de Junho - Circuito de Silverstone, na Inglaterra
25 de Junho - Circuito de Assen, na Holanda
03 de Julho - Circuito de Mugello, na Itália
17 de Julho - Circuito de Sachsenring, na Alemanha
24 de Julho - Circuito de Laguna Seca, nos Estados Unidos
14 de Agosto - Circuito de Brno, na República Checa
28 de Agosto - Circuito de Indianápolis, nos Estados Unidos
04 de Setembro - Circuito de Misano, na Itália
18 de Setembro - Circuito de Aragón, na Espanha
02 de Outubro - Circuito de Motegi, no Japão
16 de Outubro - Circuito de Phillip Island, na Austrália
23 de Outubro - Circuito de Sepang, na Malásia
06 de Novembro - Circuito de Valência, na Espanha

Equipes e Pilotos

Ducati Team:
Valentino Rossi - Italiano
16/02/1979
Peso: 67 kg
Altura: 1.82 cm

Nicky Hayden - Norte americano
30/07/1981
Peso: 69 kg
Altura: 1.73 cm

Yamaha Factory Racing:
Lorge Lorenzo - Espanhol
04/05/1987
Peso: 65 kg
Altura: 1.72 centímetros

Ben Spies - Norte americano
11/07/1984
Peso: 71 kg
Altura: 1.80 cm

Repsol Honda Team:
Casey Stoner - Australiano
16/10/1985
Peso: 58 kg
Altura: 1.71 cm

Daniel Pedrosa - Espanhol
29/09/1985
Peso: 51 kg
Altura: 1.60 cm

Andrea Dovizioso - Italiano
23/03/1986
Peso: 54 kg
Altura: 1.65 cm

Rizla Suzuki MotoGP:
Álvaro Bautista - Espanhol
20/11/1984
Peso: 59 kg
Altura: 1.67 cm

San Carlo Honda Gresini:
Marco Simoncelli - Italiano
19/01/1987
Peso: 72 kg
Altura: 1.83 cm

Hiroshi Aoyama - Japonês
25/10/1981
Peso: 57 kg
Altura: 1.65 cm

Mapfre Aspar Team MotoGP Ducati:
Hector Barbera - Espanhol
02/11/1986
Peso: 53 kg
Altura: 1.68 cm

Monster Yamaha Tech 3:
Colin Edwards - Norte americano
27/02/1974
Peso: 66 kg
Altura: 1.79 cm

Cal Crutchlow - Inglês
29/10/1985
Peso: 66 kg
Altura: 1.71 cm

Pramac Racing Team Ducati:
Randy de Puniet - Francês
14/02/1981
Peso: 62 kg
Altura: 1.69 cm

Loris Capirossi - Italiano
04/04/1973
Peso: 59 kg
Altura: 1.65 cm

LCR Honda MotoGP:
Toni Elias - Espanhol
26/03/1983
Peso: 57 kg
Altura: 1.63 cm

Cardion AB Motoracing Ducati
Karel Abraham - Tcheco
02/01/1990
Peso: 72 kg
Altura: 1.81 cm

Gosta de motos?

Então veja aqui no WebMotors as melhores ofertas para esse segmento:

Yamaha R1

Kawasaki Ninja

Honda CBR 900

Suzuki GSX 1300R

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors