Triumph apresenta a Speed Triple 1.200 RR

O lindo modelo de pegada esportiva com leve toque retrô usa o mesmo motor de 1.160 cm³ e 180 cv da Speed Triple 1.200 RS

  1. Home
  2. Motos
  3. Triumph apresenta a Speed Triple 1.200 RR
Roberto Dutra
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Triumph revelou nesta terça-feira (14), na Inglaterra, seu mais novo modelo. É a esperada Speed Triple RR, moto com pegada esportiva mas que também exibe um leve toque retrô fornecido principalmente pela carenagem frontal parcial - que embute um único farol redondo.

Triumph Speed Triple Rr (5)
A Speed Triple RR em ação: modelo tem desempenho esportivo, mas o visual exibe uma pitada retrô
Crédito: Divulgação

A RR é baseada na furiosa Speed Triple RS, que é uma típica "hypernaked" com seus dois faróis simétricos, aparência agressiva, desempenho forte e nenhuma carenagem. A nova moto, por sua vez, embora tenha com a sigla RR - de "racing" - como sobrenome, não é exatamente uma superbike por não ter carenagem frontal completa.

Triumph Speed Triple Rr (3)
Triumph Speed Triple RR é baseada na furiosa Speed Triple RS
Crédito: Divulgação

Claro que, com o mesmo motor tricilíndrico de 1.160 cm³, 180 cv a 10.750 rpm e 12,7 kgf.m a 9.000 rpm da outra, a Speed Triple RR tem plenas capacidades para acelerar forte e entregar muita adrenalina. Mas o design com um pezinho no mundo cafe racer entrega que a estratégia, aqui, é incomodar modelos vendidos na Europa com sucesso, como Kawasaki Z 900RS Cafe e a MV Agusta Superveloce.

Triumph Speed Triple Rr (9)
O painel é uma telinha de TFT de 5 polegadas colorida, customizável, conectável e repleta de informações
Crédito: Divulgação

A mistura ficou bonita: a carenagem é charmosa, o farol redondo com halo de LED dá um toque vintage e a rabetinha curta com escape apontado para o alto acrescentam o tempero de esportividade. Isso sem mencionar a exótica lanterna de aspecto futurista composta por uma "linha" de LED com um "V" na parte central. E há quitutes como o para-lama dianteiro feito em fibra de carbono e os espelhos acoplados à carenagem

Muitas peças foram herdadas da Speed Triple RS: além do motor, vieram chassi, o próprio escape e até o belíssimo painel de TFT de 5 polegadas com tela colorida e repleto de informações. Outros componentes compartilhados são os freios Brembo e as suspensões Öhlins.

Triumph Speed Triple Rr (8)
Retrô na frente, futurista atrás: a lanterna é uma espécie de "linha" de LED com um "V" na parte central
Crédito: Divulgação

Também estão presentes na nova RR recursos eletrônicos da RS, como modos de pilotagem, piloto automático, partida sem chave, quickshifter bidirecional e controle de tração, entre outros.

Triumph Speed Triple Rr (11)
Assim como na RS, nesta RR as suspensões (totalmente ajustáveis) também são fornecidas pela grife sueca Öhlins
Crédito: Divulgação

Outras especificações importantes são o câmbio de seis marchas com secundária por corrente, os pneus 120/70 R17 na frente e 190/55 R17 atrás, o tanque para 15,5 litros e o peso de 199 quilos em ordem de marcha - além das medidas: 2,087 m de comprimento, 1,43 m de entre-eixos, 75,8 cm de largura e 83 cm de altura do banco em relação ao solo. No Brasil, podemos esperar a Speed Triple 1.200 RR lá pela segunda metade do primeiro semestre de 2022.

Confira o instigante vídeo da nova Triumph Speed Triple RR:

Comentários