Yamaha lança linha 2022 das Factor 125 e 150

Sem mudanças mecânicas, modelos têm novas cores, grafismos e preços. Marca avisa que vai paralisar fábrica de Manaus

  1. Home
  2. Motos
  3. Yamaha lança linha 2022 das Factor 125 e 150
Roberto Dutra
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Yamaha começa a vender no Brasil a linha 2022 da Factor com motores de 125 cm³ ou 150 cm³. A mecânica não mudou, mas as motos ganharam novas cores e grafismos - as diferenças entre os dois modelos são bem discretas.

2. Yamaha Factor 150 Ubs
Disponível para as duas versões da Factor,  a cor vermelha metálica é a mais chamativa na linha 2022
Crédito: Divulgação

Para este ano, as Factor 125 serão vendidas nas cores vermelha metálica e preta sólida, e as Factor 150 terá, além dessas duas, a opção branca - mas todas sempre combinando com acabamentos em cinza fosca. O painel das duas é o mesmo: digital com iluminação por LEDs, conta-giros, indicador de marcha e função ECO, que indica a pilotagem econômica.

4. Yamaha Factor 150 Ubs
A cor branca com acabamentos em tom cinza fosco só está disponível para a Factor 150
Crédito: Divulgação

Os dois motores são monocilíndricos, injetados e com refrigeração a ar. O da irmã menor tem 125 cm³, potência de 11,1 cv e torque de 1,2 kgf.m de torque. O da maior, 149 cm³, 12,4 cv e 1,3 kgf.m de torque - nos dois casos, os números são para uso com etanol.

3. Yamaha Factor 125i Ubs
A versão pintada na cor preta é a mais sóbria na linha 2022. Disponível para as duas configurações
Crédito: Divulgação

Os preços, claro, subiram. A Yamaha Factor 125i UBS começa em R$ 10.990 e a Factor 150 ED UBS parte de R$ 11.690. Curiosamente esses modelos básicos não são os mais vendidos da Yamaha no Brasil - pelo menos não foram nesse atribulado primeiro trimestre de 2021.

5. Painel Yamaha Factor
Discreto, mas completinho, o painel de instrumentos é o mesmo para os dois modelos da Factor
Crédito: Divulgação

No período, a moto mais vendida da marca no país foi a Fazer 250, com 6.691 unidades emplacadas. Em segundo ficou a pequena trail XTZ 150 Crosser, com 5.819 unidades, seguida pela a Factor 150, com 5.516, e pela XTZ 250 Lander, com 4.168. Depois, vieram Fazer 150, com 3.174 emplacamentos, e Factor 125, com 2.175 unidades entregues.

Yamaha suspenderá algumas operações em Manaus

A Yamaha comunicou esta semana que vai paralisar as atividades em algumas de suas linhas de produção de motocicletas em Manaus, no período de 03 a 12 de maio. Segundo a marca, a suspensão ocorrerá devido à "situação adversa na cadeia de suprimentos decorrente da crise de abastecimento causada pelos efeitos da pandemia do coronavírus", e visa "ajustar o fluxo do recebimento de insumos".

A fábrica da Yamaha no Polo Industrial de Manaus (PIM): paralisação de 3 a 12 de maio
Crédito: Divulgação

Nas linhas afetadas, os funcionários entrarão em férias coletivas. Já a produção de motores de popa e as demais atividades operacionais de Yamaha Motor da Amazônia, Yamaha Motor Componentes da Amazônia e da Yamaha Logística permanecerão em atividade nesse período.

Comentários