Yamaha começa a comercializar a reedição da Crypton

A versão mais básica, “K”, com partida a pedal e freio a tambor, vai custar R$ 4,55 mil
  1. Home
  2. Motos
  3. Yamaha começa a comercializar a reedição da Crypton
Agência Infomoto
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Depois de cinco anos fora das passarelas, a Crypton T 115 retorna à linha Yamaha. Só que agora com novo desenho, mais moderno, e motor maior de 115 cc. Segundo pesquisas feitas pela marca, os consumidores das classes C e D estão mais exigentes e seletivos. “Queremos oferecer uma alternativa ao meio de transporte, porém com a qualidade Yamaha”, declarou Minoru Matsumura. O objetivo do novo modelo é enfrentar o crescimento das motos chinesas nesse segmento mais popular. “Com a chegada desses novos concorrentes, as grandes fábricas tiveram que aprimorar seus produtos”, afirmou o Gerente de Vendas da Yamaha.

Para isso a nova Crypton é um mix entre a mais sofisticada Neo AT 115 e o antigo modelo CUB de 105 cc. O novo motor com 113,7 cm³ de capacidade tem concepção simples: um cilindro, comando simples no cabeçote e refrigeração a ar, só que alimentado por um carburador mais moderno e também com a válvula solenóide de cut-off que interrompe o fornecimento de combustível ao se tirar a mão do acelerador, usada nos modelos de 125cc da marca. Com isso, a nova Crypton deve ser bastante econômica. A facilidade de pilotagem fica por conta da embreagem centrífuga automática que aciona o câmbio de quatro marchas.

O novo desenho tem linhas mais modernas, além do farol e lanterna reestilizados. O painel também é novo e mais completo: além do velocímetro, traz marcador de combustível e luzes indicadoras do ponto neutro e da quarta marcha engatada. Outra novidade da Crypton T 115 2010 é uma versão com partida elétrica e freio a disco, chamada de “ED”. A nova CUB da Yamaha vai estar disponível nas cores preta, prata e vermelha.

A versão mais básica, “K”, com partida a pedal e freio a tambor, vai custar R$ 4.550, enquanto a versão “ED” tem preço sugerido de R$ 5.200. Valores bem competitivos para enfrentar a concorrência chinesa. “A Crypton é um meio termo entre a Honda Biz, mais cara, e a Honda Pop 100, muito popular”, revelou Matsumura. Porém, um dos pontos negativos da nova Crypton é o pequeno espaço para carga sob o banco – apenas 4,0 litros.
Tanto a versão “K”, com partida a pedal e freio a tambor, quanto a “ED” tem rodas raiadas de 17 polegadas, calçadas com pneus Pirelli City Demon nas medidas 2.25 - 17 M/C REINF 38P, na dianteira, e 2.50 - 17 M/C REINF 43P, na traseira.

FICHA TÉCNICA CRYPTON T115

MOTOR Monocilíndrico, OHC, quatro tempos, refrigerado A Ar
POTÊNCIA MÁXIMA 8,1 cv a 7.500 rpm
TORQUE MÁXIMO 0,87 kgm a 5.500 rpm
ALIMENTAÇÃO Carburador
CAPACIDADE DO TANQUE 4,2 litros
CÂMBIO 4 marchas com embreagem automática
TRANSMISSÃO FINAL Corrente
SUSPENSÃO DIANTEIRA Garfo telescópico
SUSPENSÃO TRASEIRA Duplo amortecedor
FREIO DIANTEIRO Disco de 220 mm de diâmetro ED / Tambor de 110 mm de diâmetro K
FREIO TRASEIRO Tambor de 130 mm de diâmetro
CHASSI Tubular em aço
ALTURA DO ASSENTO 755 mm
ALTURA MÍNIMA DO SOLO 126 mm
DIMENSÕES C X L X A 1.930 mm x 675 mm x 1055 mm
ENTRE-EIXOS 1.235 mm
PESO SECO 94,9kg
CORES Preta, prata e vermelha
PREÇO PÚBLICO SUGERIDO R$ 4.550 K e R$ 5.200 ED

_________________

Twitter
_________________

Gosta de motos?

Então veja aqui no WebMotors as ofertas de motos com esse estilo:

Honda CB 600F Hornet

Kasinski Comet 250

Suzuki Bandit N 600

Leia também:

Rodamos com a MV Agusta Brutale 910S

Suzuki B-King 1300: veja como anda a moto do ano de 2008

Ducati Monster 1100, uma big naked italiana

Nova Yamaha YZF-R1 2009 utiliza DNA de MotoGP

Dyna Super Glide Custom, a 1ª grande Harley-Davidson

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors