5 carros da Autolatina, parceria entre VW e Ford

Acordo entre os fabricantes durou quase uma década; veja os principais lançamentos do casamento que não deu certo

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. 5 carros da Autolatina, parceria entre VW e Ford
Marcus Celestino
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Volkswagen e Ford selaram uma parceria global em 2019. O acordo define um compartilhamento de plataformas e tecnologias por parte dos fabricantes. No entanto, as duas empresas já se uniram antes. A Autolatina, joint venture que começou em 1987, rendeu novos carros para os mercados brasileiro e argentino. O divórcio veio em 1996, por conta de diferenças filosóficas entre as companhias.

Faz um tempinho que VW e Ford resolveram dar fim à joint venture. Será que você se lembra dos principais lançamentos da parceria? Fizemos um pequeno compilado com cinco carros da Autolatina para refrescar sua memória. Tivemos que deixar alguns modelos de fora, mas, caso se lembre deles, deixe nos comentários, beleza?

Veja cinco carros da Autolatina

Volkswagen Apollo

O Apollo foi o primeiro produto da Autolatina. Basicamente o Ford Verona com insígnia da Volkswagen, o modelo, lançado em 1990, foi fabricado nas versões GL e GLS. Ele se diferenciava do irmão graças ao motor AP 1.8 e ao interior com design próprio. Vendido até 1992, saiu de cena para dar espaço ao Logus. Falaremos desse carinha abaixo.

Apollo carros da autolatina
Volkswagen Apollo foi o primeiro produto da Autolatina
Crédito: Divulgação

Ford Versailles

Lançado em 1991, o Versailles preencheu a lacuna no segmento de sedãs para a Ford. Embora seja uma derivação do Volkswagen Santana, tinha design inspirado em outros três volumes, como o Taurus. Em sua versão mais básica, o modelo vinha equipado com motor AP 1.8 de 99 cv (álcool). A configuração topo de linha, Ghia, era empurrada pelo propulsor 2.0 a gasolina com injeção eletrônica, um opcional.

Versailles carros da autolatina
Versailles preencheu importante lacuna no segmento de sedãs para a Ford
Crédito: Divulgação

Ford Escort XR3 1.8

A aplicação do conjunto mecânico que empurrava o Volkswagen Gol GTS no Escort foi uma das grandes sacadas da Ford. Não à toa, o modelo se tornou um dos carros mais emblemáticos da Autolatina. O AP 1.8 de 87 cv (gasolina) e 99 cv (álcool) e o câmbio originário do Golf alemão deram muito fôlego ao notchback. Em 1991, o XR3 Fórmula trazia ainda amortecedores controlados eletronicamente.

Escort carros da autolatina
Com motor 1.8, Ford Escort XR3 conquistou muitos fãs
Crédito: Divulgação

Volkswagen Logus

O Logus foi o primeiro dos carros da Autolatina a ter identidade própria. O modelo foi projetado pelo departamento de design da Volkswagen em parceria com o estúdio Ghia. Sua plataforma, opções de motorização e suspensão, contudo, eram as mesmas da quinta geração do Ford Escort. Em 1996, o modelo ganhou sua mais cobiçada versão, a Wolfsburg Edition. Com propulsor 2.0 de 113 cv e 17,3 kgf.m de torque e rodas de liga leve, foi desejado por muita gente. Pena que o fim da Autolatina, em 1996, jogou o veículo no telhado.

Logus Wolfsburg Edition 06
Wolfsburg Edition foi a série especial mais cobiçada do VW Logus
Crédito: Reprodução

Volkswagen Pointer

Assim como o Logus, o Pointer também era construído sobre a plataforma do Escort de quinta geração. Altamente estiloso, o hatch de quatro portas era vendido nas configurações CLi, GLi, GTi. A última tinha motor 2.0 de 116 cv e mimos para a época como direção hidráulica, vidros e travas elétricas, retrovisores elétricos e bancos esportivos.

Pointer GTi encantou muita gente tanto pelo desempenho quanto pelo visual
Crédito: Divulgação
Comentários