Argo 2021 ganha equipamentos e parte de R$ 53.990

Hatch da Fiat "embarca em nova era da marca" e, assim como a Strada, recebe o novo logotipo da empresa na grade frontal

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Argo 2021 ganha equipamentos e parte de R$ 53.990
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Fiat revelou o Argo 2021, que começa a ser distribuído para as lojas da marca nos próximos dias. Entre as principais novidades o hatch recebe mais equipamentos, reajuste de preço e a nova logotipia da empresa, composta pelo "logo script" e pelo "Fiat flag" - na grade frontal, nas calotas da versão de entrada e rodas das mais caras; no volante, na central multimídia e, claro, no quadro de instrumentos.

Segundo o fabricante, há novos kits de opcionais e uma lista de itens de série reformulada, "pensada conforme a necessidade dos clientes". Os motores são os mesmos: 1.0 Firefly de três cilindros e 1.3 Firefly e 1.8 E.torQ de quatro cilindros. O câmbio pode ser manual de cinco marchas ou automático de seis velocidades. Abaixo, confira o que ganha cada uma das versões e como fica a gama completa.

Argo 2021: mais completo

Vamos dissecar cada uma das configurações e contar o que elas ganham na linha 2021. Começamos pela de entrada - que não tem sobrenome, e custa R$ 53.990 - e terminamos com a topo de linha, HGT, que agora parte dos R$ 74.990 sem opcionais.

Você vai perceber que, de 2017, quando o carro foi lançado, até esta renovação, algumas formatações na gama de versões aconteceram. A configuração 1.3 com câmbio GSR (automatizado) deixou de existir, assim como a HGT com câmbio manual. Outro sobrenome que também deixou de ser utilizado foi o Precision, que ocupava o topo da linha acima da Trekking e ao lado da HGT.

Argo 2021 Dianteira
Fiat Argo 2021 começa em R$ 53.990 e termina em R$ 74.990 - mas valor pode passar de R$ 80 mil com opcionais

Argo 2021 1.0: R$ 53.990 (era R$ 49.590)

Versão de entrada já vem de série com itens básicos, como direção elétrica, ar-condicionado, vidros elétricos dianteiros, alarme e travas elétricas, além de chave tipo canivete com telecomando para abertura de portas, Isofix para fixação de cadeirinhas e volante com regulagem de altura. Utiliza o motor 1.0 Firefly de 77 cv e 10,9 kgf.m de torque (com etanol) e câmbio manual.

Na linha 2021, recebeu novas calotas. Os pacotes opcionais são os mesmos: um com predisposição para som, dois alto-falantes dianteiros e traseiros e dois tweeters; e outro que inclui limpador e desembaçador do vidro traseiro.

Argo 2021 Drive 1.0: R$ 58.890 (era R$ 53.590)

Essa configuração intermediária acrescenta ao conteúdo da versão interior regulagem de altura no banco do motorista; desembaçador temporizado e limpador com intermitência do vidro traseiro e maçanetas e retrovisores na cor do veículo. Na linha 2021, recebe novas calotas e a central multimídia UConnect de sete polegadas com volante multifuncional e entrada USB traseira.

Motor e câmbio são os mesmos. Como opcionais, oferece o pacote Plus (espelhos retrovisores elétricos, vidros traseiros elétricos e sensor de estacionamento traseiro) e o S-Design, que acrescenta ainda sensor de pressão dos pneus e pintura bicolor da carroceria.

Argo 2021 Drive 1.3: R$ 61.990 (era R$ 54.590)

É a mesma versão da opção acima, mas equipada com o motor 1.3 Firefly flex de 109 cv e 14,2 kgf.m de torque (etanol). Mas tem diferenciais, como faróis com DRL em LED e sistema de monitoramento de pressão dos pneus de série. Na linha 2021, a configuração também ganha a central multimídia com volante multifuncional e USB traseiro, retrovisores elétricos e sensor de ré.

Como opcionais, a série S-Design com detalhes escurecidos no acabamento também está disponível, assim como a oferta de pintura bicolor da carroceria.

Argo 2021 Trekking
Fiat Argo 2021 Trekking tem versões com motor 1.3 Firefly e 1.8 E.torQ, e aposentou configuração Precision

Argo 2021 Trekking 1.3: R$ 64.990 (era R$ 59.990)

O Argo Trekking 2021, visualmente, traz novos adesivos no capô, lateral e na traseira. Também é o único do segmento com teto bicolor de série. Traz, ainda, barras no teto pintadas de preto, assim como os retrovisores e aerofólio. Há faróis com filete do DRL em LED, molduras nas caixas de rodas e no para-choque traseiro, logomarca escurecido na traseira e ponteira de escapamento trapezoidal.

Por dentro, ele vem com bancos de tecido escuro e costuras laranjas, textura quadriculada e o logotipo Trekking. Além disso, o logo da Fiat no volante é escurecido, assim como a peça central do painel e a moldura do console central. Já as saídas de ar são cromadas.

Em termos de equipamentos, a versão traz de série os itens da Drive 1.3 e acrescenta controles de tração e estabilidade e assistente de partida em rampa. Como pacotes opcionais, oferece o pacote 'Plus" (rodas de liga leve de 15 polegadas exclusivas e câmera de ré) e o "Full" (chave sensorial Keyless e ar-condicionado digital com função automática).

Mecanicamente, porém, nada mudou: vem com suspensão elevada (+4 cm de vão livre do solo em relação à versão Drive) e pneus com banda de rodagem para uso misto.

Argo 2012 Trekking 1.8: R$ 69.990 (não mudou de valor)

Esta agora é a primeira versão equipada com o motor 1.8 E.torQ de 139 cv e 19,3 kgf.m de torque (etanol), que agora só pode ser comandado por câmbio automático. Ela reúne os equipamentos de série da Trekking 1.3, mas na linha 2021 recebe novas rodas de liga de 15 polegadas com acabamento escurecido.

A versão 1.8 também oferece os pacotes Plus (câmera de ré, chave sensorial e ar-condicionado digital com função automática) e Full (itens da Plus + rebatimento elétrico dos retrovisores, quadro de instrumentos com display TFT colorido de sete polegadas, bancos de couro com apoio de braço dianteiro, sensores de chuva e crepuscular e retrovisor interno eletrocrômico).

Argo 2021 ganha mais equipamentos no interior, que tem faixa colorida na cor da carroceria nas versões topo de linha

Argo 2021 HGT 1.8: R$ 74.990 (era R$ 69.990)

Na linha 2021, a versão esportivada da gama, que também usa o motor 1.8 E.torQ e câmbio automático, recebe como item de série na linha 2021 o display colorido de TFT de sete polegadas no quadro de instrumentos, volante de couro e apoia-braço dianteiro. Mecanicamente, a suspensão conta com calibração esportiva, própria para sua proposta.

Visualmente, as rodas de 17 polegadas são novas e pintadas de preto. Além disso, aerofólio traseiro e capa dos retrovisores têm pintura exclusiva na cor cinza; o escapamento traseiro tem design esportivo; a grade inferior dianteira traz apliques na cor vermelha; para-choque traseiro tem moldura exclusiva e os faróis de neblina e as caixas de rodas recebem contornos diferenciados.

Como opcionais, oferece os pacotes Full (chave sensorial, retrovisores externos com rebatimento elétrico, ar-condicionado digital, câmera de ré, sensores de chuva e crepuscular, retrovisor interno eletrocrômico, sobre-tapetes, piloto automático e borboletas atrás do volante para trocas de marcha); bancos de couro; airbags laterais dianteiros e pintura bicolor.

HGT, esportivado, agora será vendido somente como versão topo de linha, completaço e automático
Comentários