Logo WM1

O canal de notícias da Webmotors

Limpar buscar

Carros brasileiros estreiam com cores diferentonas

50 tons de... Ousadia ou marketing? Pinturas exóticas atendem diversas estratégias no lançamento de um veículo

  1. Home
  2. Notícias
  3. Carros brasileiros estreiam com cores diferentonas
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Preto, prata e branco. Essa é a preferência do brasileiro na hora de escolher a cor do carro. Os motivos vão desde o gosto pessoal até a menor desvalorização e mais facilidade na hora de revender o modelo. As fabricantes, por sua vez, têm a chamada "cor de lançamento". Geralmente consiste em um tom exótico – mais relacionados a esportivos –, mas que servem para ressaltar o visual e as linhas de modelos que estão chegando ao mercado. E elas podem surgir em carros de entrada, picapes e até minivan.Algumas pinturas são apenas jogadas de marketing, enquanto outras continuam no catálogo para o público. Separamos algumas dessas estranhas cores do passado e também do presente. Confira!

LARANJA ATACAMA

Em 2010 a Volkswagen mostrou a nova Saveiro Cross e o Cross Fox na cor laranja Atacama. Apenas 200 unidades da picape foram produzidas com o tom fosco. Já no hatch a pintura era tabelada em mais de R$ 2 mil. No facelift da picape compacto em 2013 outra pintura diferente voltou a aparecer: o laranja Canyon, com uma pegada mais avermelhada.

icon photo
Legenda: Saveiro Cross
Crédito: Divulgação

AMARELO KURKUMA

A nova geração do Polo chamou a atenção com o amarelo Kurkuma que foi usado no material de divulgação do lançamento do hatch no ano passado. O exótico tom, por sua vez, não foi comercializado para o público apesar de ter sido bem recebido.

icon photo
Legenda: Volkswagen Polo Highline
Crédito: Divulgação

ROXO MIRTILLO

Quando foi apresentado em 2016, o subcompacto Mobi chamou atenção pela cor batizada de roxo Mirtilo. Além de chamativo, o tom perolizado tinha preço salgada: R$ 1.250 extras ao preço do modelo.

icon photo
Legenda: Fiat Mobi Easy
Crédito: Divulgação

AMARELO STONE

Recém-reestilizada, a minivan da Chevrolet foi apresentada, na versão aventureira Activ, no polêmico amarelo Stone. A cor metálica, no entanto, não é cobrada à parte do valor do modelo, que parte de R$ 80.890 na configuração com cinco lugares.

icon photo
Legenda: Chevrolet Spin Activ
Crédito: Divulgação

AZUL TECHNO

Em 2014 a Renault escolheu um marcante tom de azul para lançar o Sandero no mercado brasileiro. Batizada de Techno, a cor tinha um custo adicional de pouco mais de R$ 1 mil à época. Atualmente ela não é mais oferecida.

icon photo
Legenda: Renault Sandero Dynamique
Crédito: Divulgação

VERDE JÁSPER

Há oito anos a Montana ganhava o visual do Ágile. E no lançamento da picape a Chevrolet escolheu uma cor verde que pouco tinha a ver com o carro voltado para o trabalho – mesmo na versão Sport. Chamado de Jásper, o tom não foi muito convincente e pouquíssimas unidades foram produzidas com a singular pintura.

icon photo
Legenda: Chevrolet Montana
Crédito: Divulgação

AMARELO CITRUS

A geração do Fiat Uno que conhecemos hoje foi apresentada em 2010. Na época, o modelo quis passar a mensagem de ser "descolado" e o marketing da Fiat lançou o carro em quatro cores. Uma dela é esse amarelo Citrus (foto), mas também teve o azul Splash. Já o laranja Nemo foi reservado a versão Sporting. De lá para cá, o simpático carrinho já passou por algumas reestilizações, trocas de motorização e ostentou bastante tecnologia, como o sistema start/stop.

icon photo
Legenda: Autowp.ru Fiat Uno Attractive
Crédito: Divulgação

VERMELHO APPLE

Após um hiato de 22 anos, a Volkswagen voltou a produzir o Voyage novamente. E, em 2008, a nova geração do sedã foi apresentada na cor vermelho Apple. O tom, no entanto, estava mais para um cereja do que propriamente para maçã.

icon photo
Legenda: Autowp.ru Volkswagen Voyage 13 Min
Crédito: Divulgação
Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors