Citroën faz recall em C3, C3 Picasso e Aircross

Chamamento faz parte do reparo realizado globalmente em airbags fabricados pela japonesa Takata

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Citroën faz recall em C3, C3 Picasso e Aircross
Guilherme Silva
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Citroën convoca, no Brasil, os proprietários dos modelos C3, C3 Picasso e Aircross para a verificação e substituição dos airbags frontais. A campanha, que teve início nesta segunda-feira (18), faz parte do recall global de airbags da empresa japonesa Takata.

Segundo a marca francesa, as bolsas infláveis defeituosas podem projetar fragmentos metálicos no interior do veículo em caso de acidente, e podem provocar ferimentos graves e até fatais aos ocupantes.

Citroën faz recall em três modelos

O chamado envolve unidades da segunda geração do C3, fabricadas entre fevereiro de 2012 e julho de 2014, com chassis não sequenciais entre CB566549 e FB13354.

No caso dos modelos C3 Picasso e Aircross, produzidos entre abril de 2010 e julho de 2014, os chassis tem numeração de AB539630 a FB513179 (C3 Picasso) e BB510370 a FB513229 (Aircross).

Thumbnail Citroen C3 Picasso (1)
Os Citroën C3 Picasso que devem passar pelo recall foram fabricados entre abril de 2010 e julho de 2014
Crédito: Divulgação

A Citroën não divulgou quantos carros estão envolvidos no chamado, mas diz que o procedimento será dividido em duas fases. Na primeira, os proprietários devem levar os veículos a uma concessionária para a verificação e desativação dos airbags frontais (motorista e passageiro ou somente o do passageiro em alguns carros). O serviço tem duração estimada de 15 minutos e é gratuito.

Na segunda fase, ainda sem data para acontecer, será feita a substituição definitiva dos airbags.

Para conferir a numeração do chassi e agendar a verificação do veículo, o proprietário pode consultar o site www.citroen.com.br ou ligar na Central de Atendimento ao Cliente (0800 011 8088).

Comentários