5 dicas para comprar um carro elétrico usado

Verificar a garantia, status da bateria, e pontos de recarga perto de casa são fundamentais para ter um carro elétrico

  1. Home
  2. Notícias
  3. 5 dicas para comprar um carro elétrico usado
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A tecnologia dos veículos elétricos tem encantado cada vez mais consumidores ao redor do mundo, e no Brasil não é diferente. Não fosse assim não teríamos tido três lançamentos no Salão do Automóvel de 2018, com Chevrolet Bolt, Nissan Leaf e Renault Zoe.

Desses três, o francês é o mais em conta, partindo de R$ 149.990, enquanto os outros dois custam R$ 175.000 (Bolt) e R$ 178.400 (Leaf). Porém, muitos compradores não têm dinheiro para comprar um veículo elétrico zero quilômetro e pensam em adquirir um de segunda mão.

icon photo
Legenda: Bmw I3 Carregando
Crédito: Divulgação

Pensando nesses clientes em potencial, o BMW Group criou uma certificação para veículos seminovos, o BMW Premium Selection (BPS) e o Mini Next, programas semelhantes que consistem na recompra de um veículo que atenda aos 77 itens checados pelas marcas no momento que o cliente queira trocar seu carro usado por outro novo das marcas BMW e Mini. Carros com até cinco anos de uso são avaliados e quando recebem o selo BPS ou Mini Next, eles passam a ter automaticamente mais dois anos de garantia. "A nossa inspeção checa 77 pontos no veículo e exigimos que todas as manutenções tenham sido feitas dentro do prazo, em uma concessionária BMW ou Mini. O carro só participa do programa se cumprir com todas essas obrigações", afirma Michel Araújo, Gerente de Vendas e Veículos Seminovos do BMW Group Brasil.

Isso acontece porque, segundo o gerente, o cliente que comprar um carro BMW Premium Selection ou Mini Next terá certeza da procedência do veículo. "Queremos oferecer a mesma experiência do comprador de um zero quilômetro para o cliente do automóvel seminovo", alegou Araújo. O atestado de certificação é tão rígido que até os pneus são analisados: se os sulcos não tiverem a profundidade mínima de 3 milímetros e não forem runflat (que já vêm de série nos carros das duas marcas), o carro não pode fazer parte do BPS e Mini Next.

VÍDEO RELACIONADO

E dentre os itens checados nos veículos híbridos e elétricos, o gerente aponta cinco que são fundamentais:

  • Motor e transmissão;
  • Software do carro;
  • Funcionamento da bateria de alta voltagem (lítio);
  • Se o status da bateria corresponde à carga;
  • Bocal de recarga e equipamento de carregamento.
  • Michel Araújo afirma que a garantia para as baterias não pode ser renovada, pois é um item que naturalmente perde capacidade ao longo do tempo, principalmente se for mal utilizada. Porém, a garantia de fábrica para os veículos elétricos é de 8 anos para as duas fabricantes, enquanto que dos híbridos é de 6 anos. "Hoje nós temos nove concessionárias que são BMW i, a divisão de eletrificados da marca alemã. Todos os carros elétricos usados são revendidos por uma dessas concessionárias, pois nelas existem os equipamentos específicos para avaliar esse tipo de veículo", atestou. O BMW Premium Selection e o Mini Next também avaliam veículos à combustão que, em vez de 77 itens, têm 72 pontos checados.

     Cabine do novo i3 usa materiais recicláveis
    Legenda: Cabine do novo i3 usa materiais recicláveis
    Crédito: Divulgação

    Mas para ter certeza que você deve colocar um elétrico em sua garagem, Leonardo Mendes Vega, que é engenheiro mecânico e proprietário da oficina Servcentro de Campinas, relata mais características que devem ser levadas em conta antes de tomar essa importante decisão. Segundo ele, verificar o ano de fabricação do veículo, pois as baterias têm vida útil com "data de validade". A Servcentro faz parte dos estabelecimentos da rede de assistência técnica autorizada para efetuar as manutenções nos veículos elétricos da chinesa BYD, fabricante que disponibilizou diversos automóveis para cidades do interior de São Paulo testarem como táxis, viaturas policiais, caminhões de lixo, entre outros. Ou seja, encontrar uma concessionária especializada (como citado pelo gerente da BMW) ou uma oficina autorizada pela fabricante, é fundamental para garantir uma boa compra. Veja outros pontos importantes:

    1. O ANO DE FABRICAÇÃO

    O conjunto de células que forma a bateria do carro elétrico tem uma vida-útil pré-determinada e a bateria se deteriora com o tempo, sendo necessária a manutenção ou substituição como qualquer outra peça automotiva. Os fabricantes dão garantia para o conjunto (cada marca com um tempo de garantia) o que nos leva ao segundo ponto.

    2. A GARANTIA DE FÁBRICA

    Para adquirir um veículo elétrico de outro proprietário o carro deve estar obrigatoriamente dentro da garantia, visto que qualquer manutenção no pack de baterias seria algo extremamente caro, às vezes ultrapassando 80% do valor do carro. Em muitos casos não existe a possibilidade de fazer manutenção, pois o fornecimento de peças ou até a existência de técnicos qualificados para o serviço é escassa.

    icon photo
    Legenda: Elétrico, BMW i3 chega com visual renovado e mais autonomia
    Crédito: Divulgação

    3. MANUTENÇÕES PERIÓDICAS

    Os carros elétricos devem ter feito todas as manutenções no concessionário ou assistência técnica autorizada, pois a manutenção da garantia de fábrica para a bateria é primordial nesse momento em que não existem oficinas independentes totalmente capacitadas para executar as intervenções necessárias no conjunto que armazena energia. Exija os certificados do vendedor.

    4. VISTORIA CAUTELAR

    Carros elétricos usam componentes caros e a bateria pode passar facilmente dos R$ 100 mil. Colisões graves podem facilmente danificar todo o conjunto motriz e levar à perda total. Se o carro não passar na Vistoria Cautelar, possivelmente o carro pode ter algum defeito oculto, ou modificações irregulares para que o sistema não funcione de maneira correta.

    5. SISTEMA DE RECARGA

    Carros 100% elétricos funcionam com sistema plug-in, e infelizmente não existe ainda um sistema universal de tomadas de recarga. É muito importante conhecer todas as possibilidades de carga do carro, adaptadores, e se os eletro-postos da sua região são compatíveis com o seu carro.

    VÍDEO RELACIONADO

    Comentários

    Ofertas Relacionadas

    logo Webmotors