Ford Ka FreeStyle vai de R$ 63.490 a R$ 67.990

Versão inaugura câmbio automático e motor 1.5 mais potente na linha Ka. Segurança e suspensão são diferenciais

  1. Home
  2. Notícias
  3. Ford Ka FreeStyle vai de R$ 63.490 a R$ 67.990
Lukas Kenji
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Poderia ser apenas o lançamento de uma versão aventureira, mas o Ford Ka FreeStyle significa muito mais do que isso. A montadora não admite, mas o modelo lançado oficialmente nesta segunda-feira (28) traz novidades positivas que devem chegar à versão padrão do compacto ainda neste ano. Estamos falando de um câmbio automático de seis velocidades, motor 1.5 mais potente, além de estrutura mais estável e segura.

Há duas versões. A mais em conta sai por R$ 63.490 e é equipada com novo câmbio manual de cinco marchas. Já a opção topo de linha, testada pelo WM1, custa R$ 67.990 e traz a mesma transmissão automática que equipa o Ford EcoSport mais recente.

Herança do EcoSport

O motor também é derivado do SUV compacto. Chamado de Ti-VCT, ele é até 23% mais potente do que o Sigma, que equipa o Ka convencional. A entrega é de 128/136 cv de potência a 6.500 rpm, enquanto o torque é de 15,5/16,1 kgf.m de torque máximo a 4.750 rotações, na ordem gasolina e etanol.

Como os números evidenciam, o motorzão enche lá em cima. Desta forma, as transições de marcha também são cumpridas em giro alto – há casos em que o escalonamento de quarta para quinta ocorre próximo do corte de giro, em 6.500 rpm.

icon photo
Legenda: Cor de divulgação chama-se marrom Trancoso
Crédito: Divulgação

Sendo assim, o modelo mostra-se mais afeito a estradas do que ao perímetro urbano. Isso não quer dizer que ele não aguenta o tranco para subir ladeiras ou fazer ultrapassagens, mas a aceleração de 0 a 100 km/h é cumprida em 11,2 segundos (com etanol), o que, convenhamos, não denota rapidez.

O maior problema é que o consumo de combustível acaba sendo prejudicado. Não que o Ka FreeStyle seja beberrão, mas acaba fazendo feio dentro do segmento de hatches compactos. No índice do Inmetro, ele ganha nota “C” em relação à categoria. Em cenário misto entre ruas e estradas, o consumo é de 12,9 km/l com gasolina, e 11,8 km/l, com etanol.

icon photo
Legenda: Logo da Ford agora está cravado na grade
Crédito: Divulgação

Palmas para a Ford

O perfil de alta rotação do motor poderia afetar também o conforto acústico dentro da cabine. Apenas poderia. Isso porque a Ford fez um trabalho consistente para diminuir vibrações excessivas típicas de motores de três cilindros. Os coxins, por exemplo, têm amortecimento hidráulico, o que diminui atrito. Há ainda reforços estruturais na carroceria para absorver ruídos de rolamento, assim como nova calibração de buchas e suspensão.

Falando em suspensão, aqui vale outro elogio à Ford. O Ka FreeStyle transmite segurança e estabilidade em curvas de alta velocidade ao mesmo tempo em que permite passar por cima de buracos e valetas numa boa. O resultado é decorrência da aplicação de barras estabilizadoras e bitolas maiores, assim como nova calibragem de amortecedores e molas.

 Modelo chega às lojas em julho
Legenda: Modelo chega às lojas em julho
Crédito: Divulgação

Todo este acerto é específico para um carro que ficou mais altinho. O aventureiro tem suspensão 1,7 cm mais alta em comparação ao Ka convencional, sendo que a altura em relação ao solo é de 19 cm.

Por outro lado, não pense que essa característica permite passar por trilhas pesadas. Apesar de grandes, os pneus 185/60 que suportam rodas de liga leve e 15 polegadas não têm perfil de uso misto. Ou seja, os calçados são para asfalto. Aqui, vale lembrar que o Ka Trail tinha pneus para uso offroad. Tinha, do verbo não tem mais. A versão sai de série com a chegada do FreeStyle.

Visual

Agora que você já sabe como anda o hatch, vamos falar sobre design, que promete causar polêmica. O modelo tem diversas características famigeradas dos modelos cross. Há moldura plástica que percorre toda a parte baixa da carroceria, aplique cinza nos para-choques e raque de teto (neste caso, ele não é meramente ilustrativo e pode suportar cargas de até 50 quilos).

Fora isso, há novidades como o logo da Ford cravado em uma grade com novo desenho, molduras plásticas que contornam os faróis de neblina, retrovisores externos de capa preta, além das já citadas rodas de cor grafite.

 Rodas são de liga leve de 15 polegadas
Legenda: Rodas são de liga leve de 15 polegadas
Crédito: Divulgação

Por dentro, há acabamento bicolor, sendo que o painel é marrom, enquanto as demais partes são pretas. Há diversidade de materiais plásticos de acabamento que dão mais requinte ao carro. Destaque para o preto brilhante que fica envolto à tela flutuante da central multimídia de 6,5 polegadas.

Além de agregar visual mais moderno ao hatch, a central tem funcionamento simples e intuitivo. Tem também pareamento com Android Auto e Apple CarPlay e conectividade com duas portas USB que ficam bem localizadas, perto da manopla de câmbio.

icon photo
Legenda: Acabamento tem pintura bicolor
Crédito: Divulgação
icon photo
Legenda: Porta-malas tem 257 litros
Crédito: Divulgação

Mas os itens que mais valorizam a parte interna do carro são os bancos que têm a maior região de revestimento em couro. Na parte central, há textura de boa qualidade que também aposta no marrom.

Outros detalhes relevantes são a soleira personalizada das portas, além de uma espécie de caixa de borracha que fica no porta-malas. É uma solução interessante para não sujar o bagageiro após um rolê na praia, por exemplo.

Tudo de série

Todos os itens citados são de série – não há opcionais para o Ka FreeStyle. Ele traz ainda direção elétrica, ar-condicionado, vidros elétricos, travas e retrovisores elétricos, alarme, volante multifuncional, câmera de ré e sensor de estacionamento traseiro.

Para o preço cobrado, seria vantajosa a oferta de acendimento automático dos faróis e revestimento em couro para a direção. Aliás, a Ford poderia pensar ainda em desenvolver um novo design de volante. Não que ele seja feio, mas tem gomos grandes que incomodam a empunhadura.

icon photo
Legenda: Hatch manteve medidas
Crédito: Divulgação

Porém, não sejamos tão duros. A montadora priorizou itens relevantes de segurança que são diferenciais no segmento. O Ka FreeStyle vem com seis airbags (frontais, laterais e de cortina), controles de tração e estabilidade, encosto de cabeça para todos bancos, assistente de partida em rampa, além de ajuste para cadeirinhas Isofix. Segundo a Ford, há intenção de submeter o carro aos testes de impacto do Latin Ncap.

O modelo já está em regime de pré-venda. Quem compra-lo durante o período ganha as três primeiras revisões e tem financiamento com taxa 0% em 24 vezes.

A Ford anunciou ainda atualização de preço para o ano modelo 2019. No entanto, informou apenas o preço de tabela da configuração de entrada S, que passará de R$ 44.780 para R$ 45.490. Apesar do aumento, há maior oferta de itens de série. São eles ajuste de altura para o banco do motorista, vidro elétrico dianteiro, 4 alto-falantes, computador de bordo e porta-luvas iluminado.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors