Ford Ranger Black: picape diesel por preço de flex

Versão com itens estéticos escurecidos é maior novidade da linha 2022 do modelo e custa R$ 179.900

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Ford Ranger Black: picape diesel por preço de flex
Lukas Kenji
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Ranger Black é o maior destaque da linha 2022 da picape média da Ford. Além de diversos apetrechos visuais escurecidos, a versão desenvolvida especificamente para o mercado brasileiro tem como chamariz a oferta de motor a diesel por um preço em que costumam habitar picapes flex. A novidade custa R$ 179.900 e chega às concessionárias em abril.

Ranger Black 4268
Ford Ranger Black oferece motor a diesel pelo preço de mercado de picapes flex
Crédito: Divulgação

Para alcançar esse valor competitivo, a Ford decidiu tirar a tração 4x4 (o modelo é equipado com 4x2), o que limita a capacidade off-road do produto. Isto é, a Ranger Black foca no consumidor que gosta da robustez de uma picape, não se importa em andar em um monstrinho de mais de cinco metros de comprimento na cidade, e enxerga o veículo como um bom companheiro para escapadas rumo ao campo ou litoral nos fins de semana.

O nova configuração vem equipada com o motor diesel 2.2 Duratorq que desenvolve 160 cv a 3.200 rpm. É verdade que a potência não é expressiva mesmo diante de picapes equipadas com motor flex. A Chevrolet S10, por exemplo, rende 206 cv. No entanto, o diferencial da Ford está no torque de 39,2 kgf.m a 1.600 rpm, enquanto a rival tem 27,3 kgf.m.

Com tamanha força motriz, a Ranger Black não tem problemas para rodar com desenvoltura. Em breve teste na pista de provas da Ford em Tatuí (SP), foi possível observar como a picape está sempre à mão muito por conta da entrega do pico de torque em baixa rotação.

Equipada com transmissão automática de seis velocidades, o modelo tem bom rendimento em retomadas e ultrapassagens. Agrada quem curte uma posição alta de dirigir e não liga para o ronco forte do motor a diesel.

Para melhorar a experiência de guiar o modelo, falta ajuste de profundidade da direção, que tem apenas regulagem de altura. Aliás, este é um predicado ainda escasso entre as picapes médias e que poderia ser mais empregado, uma vez que a tendência é de que esses tipos de veículos aproximem-se cada vez mais de carros de passeio.

Interior familiar

Por falar nisso, o acabamento interno da Ranger Black cumpre com o objetivo de ser mais familiar e menos rústico. Embora não exista nenhum item exclusivo para a nova versão, a boa notícia é que ela vem equipada com bancos revestidos em couro, ajuste de lombar para os assentos frontais, ar-condicionado de duas zonas e central multimídia de 8 polegadas com Sync 3, nova geração do sistema de conectividade da Ford.

A tela sensível ao toque pode ser pareada com Android Auto e Apple CarPlay e tem ainda câmera de ré.

Outros itens de série são 7 airbags, volante multifuncional, computador de bordo, descansa-braço revestido em couro, controle anti-capotamento, assistente de frenagem de emergência e controles de tração e estabilidade.

Ranger Black 4140
Visual escurecido e a robustez são destaques do design da picape da Ford
Crédito: Divulgação

Mas é na parte de fora que a Ranger Black faz jus ao nome. A grade tem acabamento em preto brilhante, enquanto os faróis contam com máscara negra. As rodas de liga leve de 18 polegadas têm acabamento exclusivo na cor preta. O mesmo tom enfeita peças como maçanetas, retrovisores e raque de teto.

Aliás, o suporte é capaz de tolerar até 80 quilos de carga e tem pintura fosca. O mesmo tipo de acabamento vale para os estribos laterais. Outro detalhe relevante é o santantônio derivado da versão Limited, que carrega luzes de freio e iluminação para a caçamba.

Acessórios

O compartimento de carga pode vir com capota rígida com acionamento por controle remoto, além de rede porta-objetos e protetor de caçamba. Como nem tudo é perfeito, todos esses itens são oferecidos como acessórios que tem custo somado de aproximadamente R$ 10 mil. Entretanto, a Ford oferece tais elementos sem custo extra nas primeiras 100 unidades vendidas.

Outra novidade oferecida na linha 2022 da Ranger e que vai ser estendida a outros modelos da linha Ford é o PassConnect. Nada mais é do que um aplicativo com oito funções para gerenciar o carro de maneira remota. É possível, por exemplo, ligar o ar-condicionado ou destravar o veículo à distância.

Ranger Black 4064
Posição alta de dirigir e bom espaço para os passageiros são atrativos da picape
Crédito: Divulgação

Há, portanto, bons motivos para colocar uma Ranger Black na garagem. Bem equipada, conectada e segura, a nova versão da picape tem potencial para seduzir quem gosta de posição alta de dirigir, espaço interno e para bagagens, além de motor potente e com bom índice de consumo de combustível. Segundo a Ford, o rendimento do modelo é de 9,6 km/l na cidade, e 11,3 km/l, na estrada.

Mas é preciso pensar muito bem se o modelo vai ser prático no seu dia a dia. Embora seja confortável para os passageiros muito por conta dos 3,22 m de entre-eixos e 1,85 m de altura, a Ranger Black tem 5,35 m de comprimento, o que pode virar uma dor de cabeça em cidades grandes.

Estacionar o modelo nas ruas de centros urbanos ou mesmo em supermercados ou shopping centers pode ser uma tarefa não muito agradável.

Comentários