Ford revela kit para converter carros em elétricos

Motor de 285 cv poderá ser instalado em praticamente qualquer modelo antigo da marca, de acordo com o fabricante

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Ford revela kit para converter carros em elétricos
Guilherme Silva
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Nos Estados Unidos, a Ford, além de fabricante de automóveis, também é conhecida por vender motores V8 e componentes que podem ser instalados em carros mais antigos nos mais variados projetos de customização. Cada vez mais focada na eletrificação, a marca também pretende oferecer um kit que converte seus modelos em elétricos.

Eluminator Electric Crate Motor 05
Motor elétrico Eluminator poderá ser instalado em praticamente qualquer modelo Ford
toggle button

A novidade será apresentada oficialmente na edição deste ano do SEMA Show, o maior evento de veículos customizados do mundo, que será realizado em novembro, em Las Vegas. Mas a Ford já revelou algumas imagens e detalhes do propulsor elétrico, batizado de Eluminator em alusão aos motores de alto desempenho Aluminator V8 de 5.0 e 5.2 litros, vendidos à parte.

É provável que o esse motor seja parecido com o sistema Connect and Cruise da General Motors. O kit inclui um propulsor de 200 cv de potência, bateria de 60 kWh e todos os componentes necessários para converter carros antigos em elétricos.

Segundo a Ford, o Eluminator entrega 285 cv e 43,9 kgf.m de torque instantâneo. Para se ter uma ideia, o motor 3.2 turbodiesel de cinco cilindros da picape Ranger vendida no Brasil gera 200 cv e 46,7 kgf.m.

Apesar dos números de motores de carros esportivos, o Eluminator é um propulsor compacto. Com cerca de 57 centímetros de comprimento e 37 cm de altura, é menor que uma caixa de câmbio utilizada em veículos a combustão.

Ford Mustang Lithium Electric Sema 2019 3
Ford Mustang Lithium mostrado em 2019 é equipado com motor elétrico de 900 cv e câmbio manual
toggle button

A Ford já mostrou recentemente, além do SUV Mustang Mach-E, duas variantes elétricas do Mustang. O primeiro era o Lithium, conceito equipado com um motor de 900 cv e brutais 136 kgf.m, alimentado por baterias de 800 volts (o dobro da média usada nos elétricos atuais). Detalhe: a transmissão era manual de seis marchas!

O outro era o Mustang Cobra Jet 1400, um dragster movido por um motor elétrico de 1.523 cv de potência. Na época, o carro cumpriu uma arrancada de 400 metros em apenas 8,27 segundos a 270 km/h.

Comentários