Veja como o álcool altera as ações de um motorista

#MaioAmarelo: Webmotors produz vídeo que prova que o álcool altera comportamento do motorista, independente da dose

  1. Home
  2. Notícias
  3. Veja como o álcool altera as ações de um motorista
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O assunto é batido, mas, infelizmente, é preciso continuar falando. Álcool e direção não combinam. E no vídeo que a Webmotors produziu mostra que, independente da quantidade, o motorista que ingeriu alguma bebida alcoólica pode sim causar um grave acidente. Solta o play e veja como pessoas comuns, como você, seus amigos e familiares, ficam alterados ao volante bebendo uma latinha de cerveja, uma dose de vodka ou uma ingênua taça de vinho. A Webmotors apoia as iniciativas do #MaioAmarelo

VÍDEO

Veja agora os resultados clínicos e o desempenho dos participantes do teste por meio de aferição técnica fornecida pela Creare Sistemas, em parceria com o Centro de Pilotagem Roberto Manzini:

Bianca Antonelli:

Na segunda frenagem, após ingerir vinho, Bianca queimou a faixa de pedestre e aumentou a intensidade no pedal do freio em 4,3%. Sóbria, ela não errou. Na segunda taça, o tempo de reação dela, entre pedal de aceleração e freio, também ficou maior.

Maria Marta Correa

A cada dose de vodka, Maria Marta fez as curvas mais rápido e com menos firmeza ao volante, segundo a medição técnica.

Na primeira passagem, sóbria, ela cumpriu as regras do exercício. Não derrubou nenhum cone do slalom, nem utilizou o freio. Na segunda, sob efeito do álcool, derrubou três.

Marcelo Monegato

Após um copo de cerveja, Monegato foi mais lento nas curvas do slalom, mudou o traçado e teve oscilação ao volante. Na frenagem emergencial após três copos de cerveja, ele aumentou em 6,3% a intensidade no pedal do carro, o que causaria acidentes por derrapagem ou travamento das rodas.

 

 

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors