McLaren apresenta versão de corrida do Senna

McLaren Senna GTR chega com 825 cv e custando mais de R$ 5,5 milhões; modelo é inspirado no superesportivo Senna

  1. Home
  2. Notícias
  3. McLaren apresenta versão de corrida do Senna
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Quase um ano após aparecer na forma de conceito durante o Salão de Genebra, o McLaren Senna GTR, versão ainda mais apimentada do modelo, finalmente foi apresentado em sua versão final.

icon photo
Legenda: McLaren Senna GTR
Crédito: Divulgação

Destinado às pistas, o Senna GTR é mais rápido, leve e potente que a versão de rua. Muito disso é graças ao motor V8 de 4.0 litros e dois turbocompressores que gera 825 cavalos de potência máxima. Pesando 1.188 kg, o superesportivo tem peso/potência de 694 cv por tonelada.

As 75 unidades do Senna GTR foram vendidas em poucas semanas e começam a ser entregues a partir de setembro para ou poucos e afortunados felizardos que desembolsaram 1,1 milhão de libras esterlinas mais impostos (equivalente a R$ 5,5 milhões mais impostos).

 McLaren Senna GTR
Legenda: McLaren Senna GTR
Crédito: Divulgação

O McLaren Senna GTR gera mais de 1.000 kg de downforce, um aumento significativo em relação aos 800kg desenvolvidos pelo McLaren Senna a 250km/h. Há ainda diversas tecnologias e ajuster para deixar o modelo ainda mais no “chão”.

Mais largo que o McLaren Senna, o GTR é 34 mm mais baixo, com 1.195 mm de altura. A dianteira aumentou 77 mm, passando a 1.731 mm; e a traseira é mais larga em 68 mm, com 1.686 mm. Os pára-lamas mais largos acomodam rodas de 19 polegadas com parafuso central.

icon photo
Legenda: McLaren Senna GTR
Crédito: Divulgação

O McLaren Senna GTR sucede os lendários McLaren F1 GTR, de 1995 (vencedor de Le Mans), e o McLaren P1 ™ GTR, de 2015. Todas as unidades serão fabricadas sob encomendo em Woking, no Reino Unido.

VÍDEO RELACIONADO

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors