McLaren P1 GTR 'vira' MP4/4 em homenagem a Senna

Divisão de operação especiais da McLaren celebra 30 anos do primeiro título mundial do piloto brasileiro Ayrton Senna

  1. Home
  2. Notícias
  3. McLaren P1 GTR 'vira' MP4/4 em homenagem a Senna
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O ano de 2018 está quase no fim, mas a McLaren resolve brindar entusiastas da marca e também os fãs de Ayrton Senna espalhados pelo mundo. Por meio da McLaren Special Operations (MSO), a fabricante britânica cria um exemplar único do P1 GTR, a versão focada em pista do hiperesportivo híbrido. A temática são os 30 anos do primeiro título mundial do piloto brasileiro na Fórmula 1 com a equipe de Woking, em 1988.

A primeira homenagem começa pelo 12º chassi construído. É o número de corrida que o McLaren MP4/4 carregou durante todo o ano de 1988 até a conquista do campeonato na última prova no Japão. Ele também pode ser encontrado na grande asa traseira. O modelo, pintado em vermelho Rocket e branco "Aniversário" faz alusão às tradicionais cores da Marlboro, principal patrocinador da equipe McLaren à época.

icon photo
Legenda: Híbrido, o P1 GTR alia o motor V8 3.8 biturbo a gasolina a outra unidade elétrica: no total são 916 cv
Crédito: Divulgação

O P1 GTR ainda é cheio de outros detalhes que evocam o brasileiro tricampeão de F1. Os logotipos da marca Senna podem ser vistos nas laterais de porta e bancos. A McLaren ainda colocou a bandeira do Brasil nas portas e o famoso código de barras. Essa foi a saída que a equipe encontrou na época para "tampar" o Marlboro nas corridas em países onde era proibida a propaganda tabagista, já que o patrocinador era uma marca de cigarros. A inscrição em inglês "Driver to perfection" – algo como "dirigido à perfeição" – também aparece diversas vezes. Mais de 800 horas foram gastas no processo de pintura e fixação dos adesivos reconhecendo uma série de parceiros técnicos da McLaren, passados ​​e presentes.

VÍDEO RELACIONADO

O P1 GTR sofreu várias modificações externas para aproveitar ao máximo o aumento do desempenho do motor de combustão interna. Um novo programa aerodinâmico para atingir um downforce de 800 kg. A asa traseira, inclusive, tem aletas bem maiores do que aqueles de uma asa padrão do McLaren P1 GTR - ecoando a aparência da asa MP4/4.

icon photo
Legenda: A diferença para o P1 convencional é justamente a aerodinâmica volta para gerar maior aderência e velocidade possíveis nas pistas de corrida
Crédito: Divulgação

O dono não terá dúvidas de que ele está sentado em algo único. Além de toda a pintura e tratamento externo no veículo, ao entrar há uma das célebres frases de Senna. "Eu não sou projetado para chegar em 2º ou 3º. Eu sou projetado para vencer". O volante multifunções feito de Alcântara com costura de cor correspondente ao monoposto de F1.

icon photo
Legenda: Uma frase de Senna assim como sua assinatura estão estampadas na carroceria
Crédito: Divulgação

O proprietário ainda batizou o carro como "Beco", apelido de Senna. De acordo com o comunicado, a família do piloto aprovou o gesto do comprador. As placas dos carros particulares de Ayrton Senna no Brasil também tinha alusão ao apelido. Tanto o Honda NSX quanto a Audi S4 Avant carregavam as letras "BSS" ou Beco Senna da Silva". Vale lembrar que o nome Senna batiza um dos recentes produtos da McLaren.

icon photo
Legenda: O volante é feito de Alcântara e traz o logotipo da marca Senna
Crédito: Divulgação

 

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors