Mercedes apresenta o luxuoso sedã elétrico EQS

Novo modelo da marca alemã foi desenvolvido a partir de uma plataforma exclusiva para carros movidos a energia elétrica

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Mercedes apresenta o luxuoso sedã elétrico EQS
Guilherme Silva
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Mercedes-Benz apresentou nesta quinta-feira (15) o luxuoso sedã elétrico EQS, que chega com uma proposta de oferecer muita sofisticação e tecnologia dentro da nova estratégia de veículos eletrificados da marca alemã.

Thumbnail 2022 Mercedes Benz Eqs 8
O Mercedes-Benz EQS chama a atenção pelas linhas futuristas da longa carroceria
Crédito: divulgação

Com uma proposta de requinte claramente inspirada no suntuoso Classe S, o EQS foi desenvolvido a partir de uma plataforma exclusiva para carros elétricos. Com 5,26 metros de comprimento, o sedã chama a atenção pelas linhas futuristas da longa carroceria.

Visto de lado, o EQS até lembra um cupê de porte avantajado. O modelo foi projetado para atingir a maior eficiência aerodinâmica possível. Graças a diversas soluções, como o formato das entradas de ar do para-choque e o desenho das rodas, o sedã atingiu o baixíssimo Cx de 0,20 (coeficiente aerodinâmico).

Desempenho de esportivo e autonomia de até 770 km

O EQS será vendido nas versões EQS 450+ e EQS 580 4Matic. Ambas são dotadas de bateria de 107.8 kWh de capacidade (uma variante de 90 kWh também está prevista), com diferença nas motorizações. O primeiro é equipado com um motor traseiro de 333 cv de potência e 58 kgf.m de torque. Já o EQS 580 4Matic possui dois propulsores, que entregam 523 cv e 87 kgf.m às quatro rodas.

 

Segundo a Mercedes-Benz, o EQS 450+ acelera de 0 a 100 km/h em 6,2 segundos, enquanto o EQS 580 4Matic faz em 4,3 segundos. Em ambos a velocidade máxima é limitada em 210 km/h.

Em relação à autonomia, a Mercedes-Benz diz que o EQS 450+ pode rodar até 770 quilômetros com a carga completa. Já a versão mais potente tem alcance estimado entre 700 km e 720 km.

Mercedes EQS: até 80% da carga em meia hora

O comprador do EQS poderá optar por um carregador de bordo de 11 kW ou 22 kW para o uso em corrente alternada. No entanto, a bateria de 400 volts é compatível com pontos de recarga rápida (corrente contínua) de até 200 kW. No carregamento rápido, é necessário aguardar 31 minutos para a “abastecer” de 10% a 80% da carga da bateria.

Por dentro, o EQS chama ainda mais atenção. Uma enorme tela de 77 polegadas ocupa todo o painel e abriga os instrumentos necessários para a condução do veículo, sistemas de entretenimento e funções secundárias, que ficam à frente do passageiro. Tudo isso é controlado por oito centrais computadorizadas, além de 24 GB de memória RAM e a última versão do software MBUX.

Thumbnail 2022 Mercedes Benz Eqs 71
Uma enorme tela de 77 polegadas ocupa todo o painel do Mercedes-Benz EQS
Crédito: Divulgação

Obviamente, que essa tecnologia toda vem acompanhada de sistemas de condução autônoma, que permitem o motorista tirar as mãos do volante enquanto o controle de cruzeiro adaptativo dirige o carro a velocidades de até 60 km/h em rodovias (será disponível inicialmente apenas na Alemanha).

O EQS também terá uma versão ainda mais potente, que levará a grife de alto desempenho AMG E Performance. Mirando o Tesla Model S e o Porsche Taycan Turbo, essa variante terá potência na casa dos 760 cv.

O sedã elétrico será lançado na Europa e nos Estados Unidos no segundo semestre, com preços começando em US$ 110 mil (cerca de R$ 618.700 na cotação atual).

Comentários