Nissan Magnite é revelado; crossover chega em 2022

Fabricante apresenta versão do modelo construído sobre a plataforma do Kwid e que substituirá o March no Brasil

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Nissan Magnite é revelado; crossover chega em 2022
Marcus Celestino
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O Nissan Magnite foi apresentado oficialmente. O crossover construído sobre a plataforma CMF-A+, arquitetura similar à do Kwid, deve ser lançado na Índia já no ano que vem. No Brasil, o modelo estará no mercado em 2022, com a missão de substituir o March e ser um Mini-Kicks. Há a possibilidade de que o modelo seja produzido em Resende (RJ).

201021 01 001 1200x775
Nissan Magnite atuará como "SUV" de entrada do fabricante no Brasil

A Nissan não deu mais detalhes e especificações técnicas do Magnite durante o lançamento. Informou apenas que o crossover terá bons 20,5 cm de vão livre do solo. Além disso, o fabricante japonês também diz que o modelo terá controle de subida, para-choques dianteiro e traseiro mais "robustos" e tecnologia que ajuda a detectar obstáculos ao redor do veículo.

O Magnite também dispõe de central multimídia com tela de 8'' e conectividade com Android Auto e Apple CarPlay. No painel de instrumentos, display TFT de 7'' mostra ao condutor consumo médio e pressão dos pneus. No entanto, a Nissan não revelou se esses itens se restringirão à versão topo de linha. De série, o crossover, ao menos na Índia, terá controles de estabilidade e tração.

Visual de hatch bombadinho

O Nissan Magnite, como já havíamos notado pelos flagras e teasers, tem visual de hatch bombado. A pegada é parecida com a dos nossos conhecidos Fiat Argo Trekking e Hyundai HB20X. O crossover também se assemelha a um outro modelo do portfólio da Nissan. Não à toa, seu apelido remete ao veículo em questão.

Nissan Magnite
Embora tenha similaridades com o Kicks, o design do Magnite também bebe da fonte do Datsun Redi-GO

Os faróis em LED mais afilados e, principalmente, o caimento do teto lembram bastante os elementos do Kicks. Tanto que o substituto do March servirá como um SUV de entrada para clientes da Nissan.

Também há no design do Magnite boas pitadas do visual do Redi-GO. O subcompacto da Datsun, marca que pertence à Nissan, parece ter servido de inspiração para grade dianteira, capô e luzes de LED no para-choque do novo crossover.

Motorização

A Nissan também não falou muito sobre esse quesito durante a apresentação. No entanto, já é praticamente certo que o compacto seja empurrado por duas opções de motor: o 1.0 naturalmente aspirado de 72 cv e o 1.0 com turbocompressor, que gera 95 cv. Ambos propulsores são de três cilindros.

201021 01 007 1200x848
Interior da variante indiana do Nissan Magnite, crossover que chega ao Brasil em 2022

O Nissan Magnite deverá ter caixa de câmbio manual de cinco velocidades e também opção de transmissão do tipo CVT.

Confira o vídeo de lançamento do Nissan Magnite:

Comentários