Porsche "refaz" quatro 911 GT2 RS para o Brasil

Unidades haviam naufragado em março, mas empresa reabriu linha de montagem para entregar as encomendas aos clientes

  1. Home
  2. Notícias
  3. Porsche "refaz" quatro 911 GT2 RS para o Brasil
Renan Rodrigues
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Imagine ter dinheiro suficiente para comprar um Porsche de produção limitada? Agora, pense na ansiedade causada pela chegada do modelo importado. Meses desde a compra até a entrega. E, surpreendentemente, o seu supercarro afunda no mar. A decepção deve ser gigantesca, além da sensação de impotência. Foi exatamente o que aconteceu no dia 12 de março deste ano. No entanto, a marca alemã resolveu dar um jeitinho.

Para quem não se lembra, o cargueiro Grande América teve um incêndio quando navegava no Oceano Atlântico, a 330 quilômetros da costa francesa. Todas as 27 pessoas a bordo foram resgatadas, o que não impediu do navio afundar com toda a sua carga, incluindo 3.000 automóveis, entre eles 37 Porsches.

VEJA TAMBÉM:

Nesse carregamento de Porsches, haviam quatro unidades do GT2 RS, cuja produção limitada já havia sido encerrada em fevereiro. Os quatro modelos seriam entregues no Brasil.

icon photo
Legenda: Porsche 911 GT2 RS

Após ser comunicada do ocorrido, a matriz na Alemanha decidiu reabrir a linha de produção do 911 GT2 RS e fazer quatro novas unidades para serem entregues aos clientes brasileiros. A medida só foi possível porque a fábrica ainda não tinha sido preparada para iniciar a produção da nova geração do 911, denominada 992. O início da adaptação estava previsto para dois dias depois e assim que iniciado tornaria impossível refazer os GT2 RS.

Tão logo recebeu a resposta positiva da Porsche AG, a Porsche Brasil enviou aos proprietários dos quatro 911 GT2 RS uma carta informando-os do naufrágio e mencionando que, em uma situação normal, não seria possível repor o veículo. Assinada pelo diretor-presidente da Porsche Brasil, Andreas Marquardt, e pelo diretor de marketing, Thomas Klein Reesink, a carta explicava que, neste caso específico, seria possível fabricar um carro substituto em abril, com entrega em junho.

icon photo
Legenda: Porsche 911 GT2 RS

Os modelos chegaram por aqui no dia 8 de junho e foram entregues aos compradores (sendo dois em São Paulo, um em Curitiba e outro em Belo Horizonte). A marca também fez a personalização de acordo com o que cada cliente havia encomendado originalmente.

O 911 GT2 RS usa motor de 6 cilindros contrapostos, biturbo, capaz de entregar 700 cv de potência. O superesportivo acelera de 0 a 100 km/h em 2,8 segundos e atinge 340 km/h de velocidade máxima. O preço aproximado é de R$ 2,4 milhões.

VÍDEO RELACIONADO

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors