Project Wakanda: da ficção para as ruas

NVIDIA faz veículo autônomo ser dirigido por humano em ambiente de Realidade Virtual

  1. Home
  2. Notícias
  3. Project Wakanda: da ficção para as ruas
Karina Simões
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Se você viu o filme Pantera Negra, da Marvel, saiba que nem tudo o que foi mostrado ali é ficção. Em uma das cenas, a personagem Shuri, irmã do Pantera Negra, ativa um sistema de direção remota e através da realidade virtual dirige um carro que está na Coreia do Sul, enquanto ela está em Wakanda, o reino africano que existe no universo da Marvel.

Parece mesmo coisa de filme alguém dirigir um carro de verdade - e que está em outro lugar - através da realidade virtual, mas esta foi uma das demonstrações mais interessantes que a NVIDIA apresentou no GTC 2018, congresso de tecnologia que aconteceu semana passada em San Jose, na Califórnia.

Durante o Keynote de Jensen Huang, CEO da empresa conhecida por criar as GPUs (unidades de processamento gráfico), um Ford Fusion autônomo que estava parado na parte de fora do Centro de Convenções de San Jose foi dirigido por Tim, um funcionário da NVIDIA que estava no palco sentado em um cockpit usando um óculos de realidade virtual.

icon photo
Legenda: Nvidia apresenta sistema remoto de direção de automóveis
Crédito: Nvidia

O motorista tirou o carro da vaga e fez manobras simples com o Ford Fusion pelo estacionamento fora do pavilhão. Batizado de Projeto Wakanda, essa interação remota entre um humano e uma máquina foi possível graças à plataforma Holodeck, apresentada ao mercado há um ano, na edição de 2017 do GTC. O Holodeck permite, por exemplo, que engenheiros trabalhem remotamente em um mesmo projeto dentro de um ambiente virtual, mesmo que cada um esteja em um país.

Todas as informações das câmeras e sensores instalados no carro eram passadas em tempo real para o motorista no palco através do óculos de VR e as ações do motorista no cockpit, como o movimento do volante, pedais e câmbio, transferidas para o veículo autônomo.

A NVIDIA não divulgou detalhes do projeto, tampouco confirmou se ele será um produto oferecido no mercado em breve. Todavia, ficou claro que a empresa sugere um futuro em que máquinas inteligentes podem funcionar perfeitamente com humanos. O uso desta tecnologia pode ser útil especialmente em situações de risco em que vidas podem ser poupadas. Incrível e assustador, não acha?

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors