Relembre cinco itens de carros dos anos 1990

Outrora desejados pelos compradores, hoje estes acessórios são praticamente obsoletos

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Relembre cinco itens de carros dos anos 1990
Marcus Celestino
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Ah, os anos 1990. Se você cresceu nesta década, certamente deve se lembrar de alguns ícones da época. Tamagotchi, pochete, Aquaplay, fichas telefônicas, autorama e agenda eletrônica abrilhantaram o período. No entanto, os carros também tinham alguns itens que, à época, eram objetos de desejo dos compradores. Hoje estes acessórios são praticamente obsoletos, mas outrora tiveram seu valor.

Relembramos, aqui nesta lista, cinco equipamentos presentes nos carros dos anos 1990. Você conhece todos os itens? Usou alguns deles? Deixa nos comentários a sua resposta!

Acendedor de cigarros

Os carros começaram a sair de fábrica com acendedor de cigarros na década de 1920, nos Estados Unidos. Nos anos 1990, eram figurinha fácil nos automóveis. Conforme o hábito de fumar ganhava contornos prejudiciais à saúde, o item perdia espaço. Hoje, contudo, serve como uma boa alternativa como tomada 12 V.

Acendedor itens 1990
Soquete, hoje, serve como uma boa alternativa de tomada 12 V
Crédito: Reprodução

Cinzeiro

Assim como o acendedor de cigarros, o cinzeiro também perdeu espaço. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), vale destacar, o tabagismo no Brasil caiu 40% entre 2009 e 2019. Atualmente, de acordo com o Ministério da Saúde, 10% da população afirma ter o hábito de fumar. Não à toa o equipamento sumiu. Antigamente, alguns modelos chegavam a sair de fábrica com mais de um cinzeiro, para alegrar a todos os fumantes. Hoje, o equipamento não tem mais vez.

Cinzeiro itens 1990
Cinzeiro, assim como acendedor de cigarros, perdeu espaço
Crédito: Reprodução

Quebra-vento

Muito popular até os anos 1990, o quebra-vento era um item comum nos veículos. Assim que você virava a ventarola que ficava na frente da janela dianteira já entrava aquele ventinho gostoso no interior. Uma boa em dias quentes do verão brasileiro. O equipamento deixou de existir por conta da massificação do ar-condicionado. No entanto, segurança e aerodinâmica também foram preponderantes para a sua derrocada - como a gente conta para você nesta matéria.

Quebra-vento itens 1990
Quebra-vento deixou de existir por questão de segurança, aerodinâmicas e pela massificação do ar-condicionado
Crédito: Divulgação

Antena elétrica

A saudosa antena elétrica "cromadona" subia automaticamente assim que o motorista ou o carona ligavam o sistema de som do carro. Eram item presente nos veículos mais luxuosos dos anos 1990, e sonho de consumo de quem não podia desembolsar uma boa grana por um modelo desses. Atualmente, os automóveis ainda têm antenas, como as do tipo barbatana. Todavia, as pomposas elétricas foram relegadas a um passado não muito distante.

Antena itens 1990
Antena elétrica
Crédito: Reprodução

Disqueteira

Esse equipamento era outra febre dos anos 1990. A disqueteira, que ficava geralmente no porta-malas ou no porta-luvas, podia levar até 12 CDs e tinha sistema antivibração sofisticado para a época. Como custavam bem caro, deixaram o mercado na mesma velocidade com que apareceram.

Equipamento caro, disqueteira foi febre que durou pouco nos anos 1990
Crédito: Divulgação
Comentários