SUVs marcam presença da Fiat no Salão do Automóvel

Fastback e 500X são promessas para 2019

  1. Home
  2. Notícias
  3. SUVs marcam presença da Fiat no Salão do Automóvel
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

 

Na 30ª edição do Salão do Automóvel de São Paulo, a Fiat mostrou que veio para acirrar ainda mais a disputa entre os SUVs, com seu utilitário esportivo Fastback, que WM1 já havia adiantado. O SUV com formato cupê - assim como BMW X4, X6, Mercedes-Benz GLE e o futuro Renault Arkana -, apesar de ainda ser conceito, já dá a ideia do que podemos esperar no modelo de rua: muita semelhança com a picape, especialmente na dianteira, com luz diurna de LED separada dos faróis e seccionada, assim como no Citroën Cactus e Peugeot 3008.

icon photo
Legenda: Fiat Fastback
Crédito: Mario Villaescusa / WM1

Os para-choques são exclusivos do utilitário, assim como as rodas. De acordo com o presidente da FCA Fiat Chrysler para América Latina, Antonio Filosa, a marca está investindo, em escala global, o montante de 45 milhões de euros (R$ 610 milhões), sendo parte deste montante destinado ao Brasil. O valor está destinado para reinventar a marca, segundo Fernão Silveira, diretor de comunicação corporativa da fabricante: "revitalização e fortalecimento da marca, com ousadia, sem deixar de mostrar nossas raízes profundamente brasileiras." Essa dinheirama estará destinada também à renovação de portfólio de produtos, com 15 lançamentos previstos para os próximos cinco anos. Ou seja, a partir de 2020 até 2023 a Fiat do Brasil vai ter novidades, dentre veículos novos, reestilizações, prestação de serviços online e desenvolvimento de infotainment (sistemas multimídia) e direção autônoma.

O DRL do modelo fica entre a grade e a tampa do capô. Nessa mesma fenda está o emblema da montadora, e os faróis tem formado mais afilado que avançam pela lateral do para-choque, diferentemente da Toro que tem conjunto óptico com design menos arrojado. Seguindo o mesmo padrão, a grade dianteira é bastante pronunciada.

 Fiat Fastback
Legenda: Fiat Fastback
Crédito: Mario Villaescusa / WM1

Na lateral, as caixas de roda possuem mesmo desenho de trapézio da Toro e protetores de plástico das caixas de roda se unem às saias laterais. Os vincos que avançam pelas portas se unem a outro que vem da traseira até a coluna C.

A traseira tem visual bastante agressivo, com lanternas finas que são unidas por um elemento horizontal. Logo abaixo, um recorte trapezoidal tem refletores nas extremidades esquerda e direita, desembocando nas saídas de escapamento (uma de cada lado). A cor prateada é inédita e foi criada para valorizar a silhueta do utilitário.

Na parte de dentro, o volante é oval e tem comandos do lado esquerdo. A central multimídia é integrada ao painel, que por sua vez é mais elevado. A tela deve seguir o mesmo padrão das utilizadas nos Jeep Renegade e Compass. No console central, o seletor de marchas é giratório, assim como nos modelos da Land Rover.

Segundo a montadora de Betim, o Fastback é uma proposta estética que influenciará os próximos carros produzidos e importados: "ele é a inspiração da Fiat para o futuro", garatiu Herlander Zola, diretor da marca.

500X

Outro utilitário que a montadora italiana trouxe foi o 500X, que é baseado na mesma plataforma do Jeep Renegade. Ainda não existe a intenção de vendê-lo por aqui, mas a Fiat não descarta a possibilidade, uma vez que a marca pretende comercializar três SUVs no mercado brasileiro nos próximos anos. O 500X prova que os estudos para trazer novos modelos continuam.

icon photo
Legenda: Fiat 500X
Crédito: Mario Villaescusa / WM1

O presidente da FCA, Antonio Filosa, afirmou que se o dólar baixar para o patamar de US$ 3,30, conseguirá trazer modelos para começar a homologação. De acordo com Ricardo Dilser, responsável por comunicação, o veículo está praticamente pronto para desembarcar em solo brasileiro, bastando definir qual será a motorização: 1.4 turbo ou aspirado, podendo aceitar gasolina e álcool, diferentemente dos motores disponíveis na Europa.

O que podemos cravar é que, se o dólar abaixar, antes de 2020 teremos o 500X andando em solo tupiniquim.

icon photo
Legenda: Fiat 500X
Crédito: Mario Villaescusa / WM1

ARGO STING E CRONOS SPORT PRECISION

Tomando como base os modelos topo de linha de Argo e Cronos, a Fiat mostrou dois exercícios de estética com apelo esportivo. O Argo Sting saídas de escapamento duplo, para-choques dianteiro e traseiro com defletores na cor preta, bancos e painel personalizados com costura amarela, além de rodas aro 17 com pneus Pirelli Cinturato 205/45 R17.

 Fiat Argo Sting
Legenda: Fiat Argo Sting
Crédito: Mario Villaescusa / WM1

O Cronos Sport tem para-choque traseiro e dianteiro com defletores, saias laterais mais avantajadas e escurecidas, spoiler na tampa do porta-malas e rodas pretas de 17 polegadas. Para chegarem ao mercado, os modelos precisam de boa aceitação do público. Apelo visual eles têm, só resta saber se o consumidor concordará.

icon photo
Legenda: Fiat Cronos Sport
Crédito: Mario Villaescusa / WM1

Além deles há também uma Toro adaptada para o trabalho dos Bombeiros, com equipamentos para resgate, pneus maiores e cor vermelha diferenciada. O conceito é chamado de Toro Rescue.

FIAT PARA PROFISSIONAIS

A marca lançou um benefício para quem utiliza o carro profissionalmente, sendo com pequenas, médias ou grande frotas e também para taxistas. O Fiat Professional foi feito para quem trabalha com Ducato, Fiorino e Strada Working e oferece atendimento fora do horário comercial e preços de peças diferenciados, carro reserva para não ficar sem faturar ao deixar o veículo para fazer manutenção.

Com informações de Vinícius Montoia

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors