Todos os carros da Volvo serão elétricos até 2030

Marca também revelou que focará em vendas online e apresentou ainda seu mais novo veículo eletrificado, o C40

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Todos os carros da Volvo serão elétricos até 2030
Marcus Celestino
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Volvo anunciou nesta terça-feira (2) que todos os seus carros serão puramente elétricos até 2030. A marca sueca, que pertence ao grupo Geely, também disse que pretende focar em um modelo de vendas voltado para o ambiente online a fim de tornar o processo de compra mais prático para os clientes. A empresa apresentou ainda o C40, SUV que irá concorrer com Tesla Model 3 e Volkswagen ID3.

A marca sueca segue a mesma tendência de eletrificação de outros fabricantes, como a VW, que já anunciaram planos similares. “Estou convencido de que não haverá clientes que realmente queiram ficar com um carro com motor a gasolina”, disse o presidente da Volvo, Håkan Samuelsson. Ele acrescentou ainda  que metade dos veículos da empresa serão elétricos até 2025, e metade de vendas acontecerão online.

Samuelsson comentou também que a Volvo pretende adotar uma política de preços fixos em cada país. "As pessoas podem se irritar com a falta de transparência nos preços. O processo de compra continua muito complicado. Por isso, vamos simplificar."

99 Volvo C40 Recharge 2021 Official Images Hero Front
C40 é o mais novo veículo puramente elétrico da Volvo
Crédito: Divulgação

Embora tenha admitido que irá focar em outro modelo, a marca garantiu que sua rede global, composta por 2.400 revendedores, seguirá aberta para a realização de serviços e para auxiliar os clientes na hora das compras online.

Compradores poderão escolher no site da Volvo um dos modelos elétricos da gama simplificada da marca. Os carros terão configuração prévia e estarão disponíveis para entrega rápida. No entanto, os suecos disseram que os clientes ainda poderão comprar veículos personalizados.

C40 Recharge: Investida na eletrificação

A Volvo apresentou nesta terça o C40 Recharge, sua segunda grande investida na seara dos elétricos. Construído sobre a plataforma modular CMA, o SUV nada mais é que um XC40 Recharge com algumas diferenças no design da traseira.

O XC40 Recharge tem previsão de chegada no Brasil no segundo semestre deste ano. Mas para o C40 Recharge ainda não há data.

As dimensões dos dois carros, inclusive, são as mesmas: 4,43 m de comprimento e 2,03 m de largura. A altura, contudo, difere por conta do caimento teto do C40, mais acupezado. O lançamento também é 0,7 cm mais curto que o predecessor. O porta-malas tem capacidade para 413 litros.

O C40 usa o mesmo trem de força do XC40 Recharge. Os dois motores elétricos entregam, combinados, 402 cv e 67,3 kgf.m. Segundo a Volvo, o 0 a 100 é feito em 4,9 segundos. A velocidade final do SUV é limitada, assim como em todos os novos carros da marca, a 180 km/h.

A novidade da Volvo tem uma bateria de íons de lítio que lhe dá 418 km de autonomia pelo ciclo WLTP. A recarga pode ser feita em corrente alternada ou contínua. Em estações rápidas de 150kW, o C40 tem capacidade da bateria restaurada em até 80% em 40 minutos. Com 11kW, a carga é feita em pouco mais de sete horas.

No interior, o SUV dispõe da nova geração do sistema multimídia da Volvo. A central foi desenvolvida em parceria com a Google e tomou como base o Android. Dessa forma, é capaz de interagir com Google Maps, Google Assistant e Google Play.

 

 

Comentários