Triumph lança, na Inglaterra, a Speed Twin 2021

Modelo tem novas cores e grafismos, e mudanças mecânicas que aumentaram a potência e melhoraram a entrega do torque

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Triumph lança, na Inglaterra, a Speed Twin 2021
Roberto Dutra
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Com algumas melhorias estéticas e mecânicas, a Triumph Speed Twin acaba de chegar à linha 2021 na Inglaterra. No visual, tem as novidades de praxe em grafismos e cores: o nome "Triumph" agora aparece em adesivos discretos, elegantes e menos berrantes do que antes nos dois lados do tanque, enquanto as inscrições "Speed Twin" continuam nas tampas laterais. As novas opções de cores são vermelha (Red Hopper), cinza (Matt Storm Grey) e preta (Jet Black).

Triumph 2021 Speed Twin Hero 02
As novidades estéticas são discretas, mas estão lá: cores, grafismos, escapes, rodas e alguns acabamentos
Crédito: Divulgação

Além disso, a Speed Twin passa a ter iluminação full-LED com luzes de rodagem diurna (DRL) e mantém os espelhos nas pontas dos punhos, à moda cafe racer. Outras novidades estéticas são as rodas com 12 raios, os escapes em aço inoxidável escovado e os suportes de farol e para-lama dianteiro em aço anodizado fosco - antes, eram em tom brilhoso. O tanque mantém o desenho de antes e a mesma capacidade para 14,5 litros - e, claro, a estilosa tampa estilo Monza.

Triumph 2021 Speed Twin Hero 04
A Speed Twin une elementos de moto clássica tradicional, como as Bonneville, com elementos de cafe racer
Crédito: Divulgação

A eletrônica a bordo foi ampliada. O acelerador eletrônico e os modos de pilotagem Road, Rain e Sport já existiam. Mas agora o piloto pode ajustar a resposta da borboleta de aceleração e a interferência do controle de tração - inclusive pode desligá-lo.

Já o painel não mudou: continuam lá os dois relógios analógicos que mostram velocímetro e conta-giros, cada um com um pequeno display digital com um conjunto de informações. Coisas como marcha engatada, dois hodômetros parciais, nível de combustível, autonomia e consumos médio e instantâneo. Lá fora, o monitoramento de pressão dos pneus será oferecido como opcional.

Triumph 2021 Speed Twin Details 01
O painel continua o mesmo: dois relógios analógicos coadjuvados por telinhas de LCD na parte inferior
Crédito: Divulgação

Na parte mecânica, a moto ganhou virabrequim e alternador mais leves, e teve a injeção remapeada. Com isso, a potência do motor bicilíndrico de 1.200 cm³ subiu de 97 cv a 6.750 rpm para 100 cv a 7.250 rpm. Já o torque permaneceu em 11,4 kgf.m, mas agora chega mais cedo: a 4.250 rpm, contra 4.950 rpm de antes.

Triumph 2021 Speed Twin Details 03
Os freios dianteiros sofreram "upgrade: agora são fornecidos pela grife italiana Brembo, modelo M50
Crédito: Divulgação

Isso resulta em ganho de força em giros médios e aceleração mais linear e progressiva. E, segundo a Triumph, em uma resposta 17% mais rápida quando a moto parte da inércia. Tudo isso é gerenciado por um câmbio de seis marchas, com secundária por corrente e embreagem assistida.

Os ponteiras dos escapes passam a ser em aço escovado. Antes tinham acabamento na cor preta
Crédito: Divulgação

As suspensões dianteiras também mudaram: passaram a ser fornecidas pela marca italiana Marzochi. Já os freios dianteiros agora são da Brembo, modelo M50 de alta performance - atrás continua o Nissin. Por fim, quem fornece os pneus agora é Metzeler, com o modelo Racetec RR. As medidas, contudo não mudaram: 120/70 R17 na frente e 160/60 R17 atrás.

Uma das novidades na Speed Twin 2021: luzes de rodagem diurna (DRL) acompanham a iluminação full-LED
Crédito: Divulgação

Ao bolso do comprador, mais uma boa notícia: o intervalo de manutenções aumentou: passou para cada 16 mil quilômetros. Essa nova Speed Twin deve chegar ao Brasil até o fim deste ano. Aqui, a moto, que é integrante da linha de "clássicas modernas" da marca, custa atualmente R$ 57.990.

Comentários