Volkswagen pode se desfazer da Bugatti

Marca francesa estaria para ser negociada com Rimac, empresa especializada no desenvolvimento de esportivos elétricos

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Volkswagen pode se desfazer da Bugatti
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Bugatti pode sair dos domínios do Grupo Volkswagen. A tradicional marca francesa de superesportivos poderia ir para o "sacrifício" em uma estratégia da montadora alemã em adquirir mais ações da Rimac, fabricante especializada em elétricos com sede na Croácia.

As informações foram reveladas pela revista Car Magazine. Funcionaria assim: hoje, a Porsche (que faz parte do Grupo VW) já detém 15,5% das ações da Rimac. Em troca da Bugatti, a empresa croata cederia 49% de suas ações à Volks. Nesta "troca", a marca francesa teria uma infraestrutura para iniciar a produção de hipercarros elétricos a médio prazo.

Segundo a reportagem, o alto escalão da Volkswagen já teria aprovado o  acordo, mas ainda faltaria a aprovação do conselho fiscal do grupo. A Bugatti foi adquirida em 1998 pela empresa alemã, depois de decretar falência, em 1995.

Comentários