Volkswagen restaura Fusca com mais de 500 mil KM

Volkswagen Fusca foi levado para a fábrica de Puebla, no México, e ficou pronto 11 meses depois.

  1. Home
  2. Notícias
  3. Volkswagen restaura Fusca com mais de 500 mil KM
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A paixão pelo clássico Volkswagen Fusca é algo global e interminável. E uma dessas histórias de amor pelo modelo gerou uma curiosa história na América do Norte. A estadunidense Kathleen Brooks, moradora da Califórnia, comprou um Fusca em dezembro de 1966, e desde então o popular se tornou seu carro de uso diário.

Nesses 52 anos, o Fusca batizado de "Annie" rodou 350 mil milhas, ou seja, 560 mil quilômetros. Além disso, após vencer o câncer de mama três vezes, Brooks passou a trabalhar com pacientes da mesma doença e garante que muitas vezes Annie serviu de apoio. Ao tomar conhecimento dessa história, a Volkswagen resolveu restaurar o modelo diretamente na fábrica de Puebla, no México, onde ele foi originalmente construído.

icon photo
Legenda: Fusca restaurado

Segundo Brooks, ela e o Fusca possuem muito em comum: "Como eu, ela é velha, cansada, amassada, enferrujada, mas continuamos andando E, enquanto eu puder cuidar dela, ela irá continuar funcionando”. Bom, agora, se depender do processo de restauração, o modelo está pronto para encarar outros 50 anos.

Todo o procedimento levou mais de 11 meses e envolveu uma equipe de 60 pessoas. Como é comum em veículos dessa idade, as maiores dificuldades foram encontradas no assoalho, suspensão e transmissão, além da parte elétrica. Sendo assim, a Volkswagen substituiu 40% das peças do Fusca, mas restaurou outros 357 componentes, incluindo os adesivos colados na lataria e vidros.

icon photo
Legenda: Interior do Fusca restaurado

A velha Annie também ganhou melhorias, como discos de freios na dianteira e sistema de som com visual original, mas com funções como BLuetooth. Todos os chicotes ele´tricos foram refeitos, bem como a transmissão e suspensão. O motor foi desmontado, limpo e remontado. O tom exato do vermelho só foi possível de alcançar graças ao interior do porta-luvas que estava intacto.

VÍDEO RELACIONADO

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors