VW Up! não é mais vendido na Argentina

Subcompacto teria deixado de ser importado do Brasil, mas Volkswagen diz que modelo continua à venda por lá

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. VW Up! não é mais vendido na Argentina
Fernando Miragaya
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Dias depois de a Volkswagen do Brasil enxugar a linha Up! no Brasil com apenas uma solitária versão,  o subcompacto teria deixado de ser comercializado na Argentina. A saída de cena do carrinho no país vizinho reforçaria as especulações de que o modelo está com os dias contados por aqui e que 2021 pode ser o último ano de sua produção.

Quem cantou a bola foi o nosso parceiro do site Demotores. Segundo o portal, depois de seis anos o Up! deixou de ser vendido no mercado argentino, onde chegou a ser considerado como sucessor do Gol - do ponto de vista comercial. A nota diz que só algumas revendas ainda têm unidades do hatch 0 km em estoque.

Procuramos a Volkswagen brasileira. A empresa diz que o Up! segue à venda normalmente na Argentina. O modelo aparece no configurador do site argentino da Volks em três versões - duas com o motor 1.0 aspirado de 75 cv e a topo de linha, com o TSI de 101 cv.

Vendas baixas

Na Argentina, o Up! teve apenas 2.321 unidades emplacadas entre janeiro e novembro, e não figura nem entre os 30 mais vendidos do país. Os dados são da Acara (associação de revendedores, espécie de Fenabrave dos nossos hermanos). Em seis anos de mercado argentino, o Up! passou apenas por uma atualização, em 2017, quando ganhou face-lift e a versão Peper TSI.

No Brasil, o Up! agora só é vendido em uma versão Xtreme (R$ 60.990) e configurado para quatro passageiros. Foi a novidade da linha 2021 do subcompacto, lançada recentemente para atender à nova legislação brasileira, que obriga que os carros tenham encostos de cabeça e cintos de três pontos para todos os ocupantes para o qual foi projetado.

 

Comentários