7 dúvidas sobre como pagar licenciamento atrasado

Veja como pagar a documentação em atraso e quais são as penalidades caso você não quite o débito dentro do prazo

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. 7 dúvidas sobre como pagar licenciamento atrasado
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Quando entra um novo ano, os motoristas precisam quitar débitos como IPVA, DPVAT, o próprio seguro do veículo, entre outras pendências. Em meio a tantas contas, muitos esquecem de licenciar o seu veículo.

Caso você faça parte desta lista, veja o que fazer e como pagar o licenciamento atrasado. Além disso, saiba também quais são as penalidades e restrições que você pode ter ao não quitar este débito dentro do prazo.

Antes de tudo, o que é licenciamento?

Todo motorista ouve falar sobre IPVA e Seguro DPVAT, mas o que é o licenciamento? Bom, ele é um serviço que vai ser utilizado para emitir anualmente um novo Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).

O documento é o responsável por dar a permissão para que você possa dirigir livremente nas vias. O porte do documento é obrigatório e deve estar sempre com o motorista enquanto ele circula com o veículo.

Por que devo pagar o licenciamento?

Resumidamente, o licenciamento de veículo é feito anualmente para comprovar que o seu carro está em plenas condições de rodar pelas vias de trânsito dentro das condições impostas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Para validar que o seu veículo tem plenas condições de rodar, é realizada uma vistoria que analisa normas de segurança, emissões de poluentes e de ruído. Após a aprovação, fica declarado que o modelo pode circular normalmente nas ruas.

Como consultar o licenciamento?

Não existe muito segredo para consultar o licenciamento e saber o valor a pagar. Basta acessar o portal do Detran no seu estado e ter em mãos o número do Renavam, a placa e, se necessário, o CPF da pessoa a qual o veículo está registrado.

Quanto custa o licenciamento?

O licenciamento é um serviço estadual, ou seja, a sua cobrança é responsabilidade dos estados brasileiros. Sendo assim, não há um preço único fixado para o pagamento do serviço e ele vai variar de acordo com o local em que você está.

Em alguns estados, só é possível saber o valor do licenciamento ao preencher os campos com o Renavam, placa e CPF do proprietário. Ainda sim, para ajudá-los, trouxemos uma lista com o preço da taxa de algumas regiões.

Veja o valor da taxa de licenciamento em alguns estados (valor base 2019):

  • Amapá (AP) - R$ 77,38
  • Bahia (BA) - R$ 119,83
  • Ceará (CE) - R$149,12
  • Minas Gerais (MG) - R$ 102,41
  • Paraná (PR) - R$ 86,50
  • Rio de Janeiro (RJ) - R$ 202,55
  • Rio Grande do Norte (RN) - R$ 90,00
  • Santa Catarina (SC) - R$ 119,62
  • São Paulo - R$ 90,20
  • Tocantins (TO) - R$ 64,18
  • Caso o seu estado não esteja na lista, você pode fazer a consulta direto no portal do Detran da sua região e seguir as instruções indicadas anteriormente.

    Onde e como pagar o licenciamento

    A taxa do licenciamento pode ser paga via internet, em agências dos bancos credenciados ou em caixas eletrônicos. O motorista só consegue realizar o pagamento se tiver em mãos o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam).

    Além disso, é necessário pagar todos os débitos pendentes até o vencimento do licenciamento. Ou seja, só será possível licenciar o veículo caso o IPVA, Seguro DPVAT e multas pendentes estejam quitadas.

    icon photo
    Legenda: Licenciamento deve ser feito no estado em que o veículo está registrado

    Onde e quando fazer o licenciamento

    Assim como os valores mudam de acordo com o local em que o veículo foi registrado, a tabela de licenciamento também muda de estado para estado. Portanto, é necessário consultar o calendário específico de acordo com o registro.

    A divisão entre os meses é feita de acordo com o número final da placa. Em São Paulo, por exemplo, o pagamento do licenciamento é efetuado de abril a dezembro. O primeiro mês é válido para carros com final 1 e o último, com final 0. Os motoristas também têm a opção de pagar a taxa adiantada, junto com o IPVA, no início do ano.

    Quais as consequências caso não pague?

    De acordo com o CTB, o motorista que não pagar o licenciamento dentro do prazo estabelecido e for parado pelos órgãos competentes de trânsito receberá multa gravíssima no valor de R$ 293,47, o que acumula sete pontos na CNH.

    Além disso, existe a possibilidade de o veículo ser apreendido. Caso isso aconteça, além do próprio licenciamento ou quaisquer outros débitos pendentes, você terá de arcar com os gastos do Estado com o reboque, as diárias no pátio, entre outras taxas.

    Portanto, o mais indicado é não deixar o licenciamento em atraso e sempre estar em dia com todas as despesas e pendências obrigatórias do veículo. Assim, você pode circular sem correr o risco de graves consequências.

    Saiba tudo sobre o mundo automotivo aqui no WM1!

    Para saber mais informações iguais a essa sobre como pagar licenciamento atrasado, continue acompanhando todas as novidades sobre o mundo automotivo aqui no WM1. O portal de notícias da Webmotors foi criado para quem é apaixonado por carros como você!

    Comentários

    Ofertas Relacionadas

    logo Webmotors