CNH vai ganhar versão digital em fevereiro de 2018

Contran aprova documento eletrônico, que poderá ser apresentado no lugar do impresso via aplicativo de celular

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. CNH vai ganhar versão digital em fevereiro de 2018
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Depois de implementar o QR Code para aumentar a segurança e a confiabilidade da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) em papel, o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) aprovou a criação da CNH-e, versão eletrônica do documento com o mesmo valor jurídico da impressa, que poderá, inclusive, ser apresentada via smartphone no lugar do papel tradicional. Com isso, quem esquecer a CNH em casa e tiver a versão digital no seu dispositivo móvel não será multado.

A novidade, que já está em fase de testes, será disponibilizada aos condutores em fevereiro de 2018. Para dar segurança e credibilidade à CNH digital, ela contará com assinatura dotada de certificado digital do órgão emissor e também a leitura do QR Code, como no documento de papel, que seguirá sendo emitido normalmente.

De acordo com o Ministério das Cidades, ao qual o Contran está subordinado, os agentes de trânsito poderão consultar a veracidade dos dados apresentados pelo condutor também via aplicativo de celular.

Quando passar a vigorar, a habilitação eletrônica terá alguns passos para sua emissão, que seguem abaixo:

  • Cadastro – Será realizado por meio do Portal de Serviços do Denatran, no qual o usuário confirma seu e-mail com o uso de certificado digital. O processo também pode ser iniciado no balcão do Detran mais próximo. Vale lembrar que o acesso ao portal exige cadastro com login e senha;
    • Ativação do cadastro – O condutor recebe um link no e-mail informado, que deve ser acessado por meio do dispositivo com o qual será utilizada a CNH-e para a criação de login e senha.
    • Comentários

      Ofertas Relacionadas

      logo Webmotors