Homem atinge 160 km/h com cachorro ao volante

Indivíduo de Seattle (EUA) foge da polícia com pitbull ao volante e se desculpa: "Estava ensinando-o a dirigir"

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Homem atinge 160 km/h com cachorro ao volante
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Um homem foi preso nesta última semana depois de fugir a toda velocidade da polícia em um velho Buick que foi dirigido por seu... pitbull. Você não leu errado: perto de Seattle (EUA), o motorista de 51 anos foi preso após uma perseguição na Rodovia Interestadual 5, depois de supostamente colidir contra um par de carros.

As informações vêm dos nossos parceiros mexicanos do portal Autologia.

Os relatórios feitos pela polícia indicavam que o suposto "motorista" dirigia um Buick 1996, sem especificar o modelo, a mais de 160 km/h quando a perseguição começou. Depois de quase 100 quilômetros, o carro saiu em direção a uma cidade até finalmente ser parado por uma barricada.

Cachorro ao volante
icon photo
Legenda: "Cachorro ao volante" foi a desculpa de um motorista preso por dirigir em alta velocidade nos EUA
Crédito: Reprodução

Quando chegou ao carro, a polícia encontrou o homem sentado no banco do passageiro, enquanto seu pitbull estava sentado em frente ao volante. Questionado, ele explicou que estava "ensinando seu cachorro a dirigir". O homem acabou preso sob acusações de direção imprudente e fuga.

"Sou policial há quase 10 anos e ouvi muitas desculpas quando prendi pessoas, mas nunca tinha ouvido essa do 'cachorro estar dirigindo' como desculpa”, comentou o policial que fez a detenção do sujeito. Ele também disse que o pitbull, que era fêmea e mansa, foi enviada para um abrigo de animais.

Comentários