Nissan exibe traseira do Leaf antes da estreia

Segunda geração do carro elétrico mais vendido do mundo será revelada em 6 de setembro com condução semiautônoma

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Nissan exibe traseira do Leaf antes da estreia
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A apresentação oficial será no próximo dia 6 de setembro, durante evento em Tóquio, no Japão, mas antes disso a Nissan tem revelado, em ritmo de conta-gotas, detalhes da segunda geração do Leaf, o carro elétrico mais vendido do mundo, com mais de 277 mil unidades comercializadas desde o seu lançamento, em 2010.

Dessa vez, a montadora japonesa revelou parte da traseira o hatch, exibindo uma das lanternas, com formato recortado e avançado pela lateral, lembrando a peça utilizada no SUV Kicks e na nova geração do March, já lançada na Europa e que por enquanto não está nos planos da Nissan para lançamento no Brasil.

icon photo
Legenda: nissan leaf new teaser
Crédito: nissan leaf new teaser

A imagem também confirma o que outros "teasers" e também fotos vazadas da linha de montagem já haviam indicado: o novo Leaf terá, ao menos opcionalmente, pintura do teto em cor diferente daquela do restante da carroceria, enquanto a tampa traseira traz a inscrição "Zero Emisson" (zero emissão), referente ao fato de o modelo não poluir, por ser elétrico e dispensar o convencional motor a combustão.

A Nissan também divulgou um vídeo destacando que o Leaf terá interior com acabamento premium e um "design para combinar com o seu gosto", indicando que o hatch terá um visual mais arrojado que o da primeira geração, que traz linhas mais arredondadas.

icon photo
Legenda: nissan leaf 2018 teaser lateral
Crédito: nissan leaf 2018 teaser lateral

O vídeo também menciona as tecnologias de assistência à condução que o modelo vai oferecer, como direção semiautônoma em rodovias e estacionamento praticamente automático. Além disso, o Leaf vai contar com um sistema de condução focado no pedal do acelerador - ao tirar o pé, o carro desacelera sozinho até a imobilidade, por conta do sistema que converte a energia cinética em eletricidade para ajudar a recarregar as baterias.

icon photo
Legenda: nissan-leaf-propilot-assist
Crédito: nissan-leaf-propilot-assist

Por falar nelas, o Leaf de segunda geração terá baterias de maior capacidade para ampliar a autonomia atual, de até 172 km, para pelo menos 265 km, conforme indicou uma imagem vazada do painel de uma unidade de pré-produção - por falar nisso, o hatch terá painel de instrumentos 100% digital.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors