Novo recorde de venda de veículos

Mais de 307 mil carros e comerciais leves comercializados em agosto
  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Novo recorde de venda de veículos
Auto Informe
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

(02-0-11) – Agosto registrou novo recorde de vendas no ano, conforme números provisórios do Renavam: foram comercializados no mês 307.857 unidades de carros e comerciais leves, superando a marca de 300.566 registrada em maio.

O crescimento é de 6,9% em relação a julho e de 3,8% em relação a agosto do ano passado. No acumulado do ano – janeiro a agosto - as vendas cresceram 7,5%.

O recorde foi conquistado graças ao grande número de dias úteis em agosto: foram 23 dias de vendas, o mês mais comprido do ano. Mas as vendas diárias foram inferiores às do mês anterior. Em agosto foram vendidas 13.385 unidades por dia, contra 13.713 em julho.

Até a última terça-feira as vendas diárias em agosto estavam abaixo de 12 mil unidades. Com as boas vendas ontem – 21.036 mil unidades em apenas um dia – a média diária subiu, mas ainda é uma das piores do ano. Isso quer dizer que o recorde não reflete exatamente o que está acontecendo no mercado. Eu diria que as vendas estão em ritmo forte, consistentes, mas estáveis.

A Volks continua se aproximando da Fiat. Em agosto, a diferença entre elas ficou em 0,83 ponto percentual: 21,87% para a Fiat, líder, e 21,04% para a Volks, segunda colocada.

Até o sexto lugar, nenhuma novidade: seguem, nesta ordem, GM, Ford, Renault e Hyundai. Na sétima posição, uma surpresa: aparece a Peugeot, seguida por Honda, Citroën e Toyota, que fecha a lista das dez marcas mais vendidas no mês.


“RAPEL” MUDA POSIÇÕES NO RANKING

O chamado “rapel”, prática habitual no fim do mês - quando as concessionárias licenciam carros do estoque para contabilizar no mês e atingir e a meta de vendas – foi responsável por mudanças inesperadas no ranking de vendas por marcas em agosto.

O “esforço de vendas” fez o mercado registrar nada menos do que 20.992 unidades num único dia, quarta-feira (31). Um desempenho bem acima da média diária do mês, que foi de 13,3 mil unidades, conforme números provisórios do Renavam.

A Peugeot foi a empresa mais eficiente nas vendas de última hora. Com uma média de 340 carros/dia, a marca francesa extrapolou no último dia do mês e licenciou 1.146 unidades, principalmente dos modelos 207 e 408. Como consequência, a Peugeot saltou da décima para a sétima posição de um dia (30) para o outro (31), superando de uma só vez a Toyota, a Honda e a Citroën.

Mas quase todas as montadoras aumentaram as vendas dia 31 e por isso o efeito rapel não deu muito resultado, com exceção da Peugeot, que exagerou na dose: vendeu no último dia do mês 278% a mais do que a média diária de agosto.

A Mitsubishi também investiu pesado nas vendas no dia 31, mas o resultado não alterou a posição da marca no ranking, que permaneceu na 13ª posição. A Mitsubishi vendeu dia 31 de agosto 569 unidades, 164% a mais do que a média diária, que foi de 215 carros.

Chery (que ganhou uma posição no ranking), Nissan e Honda também mais que dobraram o volume de vendas no último dia do mês.
Veja aqui qual foi a média diária de vendas das quinze principais marcas em agosto e qual o tamanho do “rapel” no dia 31.
________________________________
Joel Leite (joelleite@autoinforme.com.br) é diretor da Agência AutoInforme, especializada no setor automobilístico, que fornece informações para vários veículos de comunicação. Produz e apresenta o Boletim AutoInforme, das rádios Bandeirantes, Band News e Sul América Trânsito. É formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero e pós-graduado em Semiótica e Meio Ambiente.

Leia outras colunas de Joel Leite aqui

____________________
Siga o Joel Leite no Twitter

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors