Para retomar liderança BMW anuncia 40 novidades

Alemã vai apresentar novos SUVs X7, X2, e até o primeiro utilitário esportivo da Rolls-Royce

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Para retomar liderança BMW anuncia 40 novidades
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O Grupo BMW colocou como prioridade retomar o posto de marca premium líder em vendas, perdido no ano passado para a rival Mercedes-Benz, pela primeira vez em mais de dez anos. Para atingir esse objetivo, a montadora de Munique, na Alemanha, anunciou que neste ano e em 2018 vai lançar nada menos que 40 modelos completamente novos ou atualizações para os carros atuais.

Como não poderia deixar de ser, a ofensiva passará pelo segmento de SUVs e crossovers, que está em alta no mundo todo e tem ajudado a alavancar os lucros de diversas montadoras, em diferentes países – incluindo a BMW.

icon photo
Legenda: BMW X2 Concept
Crédito: BMW X2 Concept

Nos próximos dois anos, a empresa vai colocar no mercado o inédito X7, posicionado acima do X5 e que terá três fileiras de assentos, e o X2 – crossover com jeito de hatch que a BMW mostrou, ainda na forma de conceito, no mais recente Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro passado.

icon photo
Legenda: BMW X2 Concept
Crédito: BMW X2 Concept

No entanto, a primeira novidade já foi apresentada e trata-se da nova geração do sedã médio-grande Série 5, em fevereiro passado, para esquentar a briga com Mercedes-Benz Classe E e Audi A6, para citar apenas os concorrentes mais tradicionais.

icon photo
Legenda: Novo BMW Série 5
Crédito: Novo BMW Série 5

Os lançamentos incluem, é claro, as outras marcas do Grupo BMW.  A Rolls-Royce também vai embarcar na onda dos utilitários esportivos com a chegada do Cullinan, além da nova geração do sedã Phantom. Veja abaixo flagra do site Autocar.

icon photo
Legenda: SUV da Rolls Royce
Crédito: SUV da Rolls Royce

Para colocar tantos modelos no mercado em tão curto espaço de tempo, a BMW está abrindo os bolsos e, somente no ano passado, investiu 5,16 bilhões de euros (cerca de R$ 17,2 bilhões na conversão direta) em pesquisa e desenvolvimento e pretende gastar ainda mais nos dois próximos anos.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors