Pirelli tem produção exclusiva para competição

Novo módulo da fábrica de Campinas (SP) ocupa espaço de 450 m² e pode produzir até 50 mil pneus de corrida por ano

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Pirelli tem produção exclusiva para competição
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Pirelli produz pneus de competição para diversas categorias do automobilismo brasileiro e da América Latina desde a década de 1970. Mas, a partir de agora passa a ter um módulo exclusivo para a fabricação de compostos para o esporte a motor.

O espaço de 450 m² foi inaugurado na fábrica da empresa em Campinas (SP), com a promessa de produzir e desenvolver até 50 mil compostos por ano.

De lá, sairão pneus slick e de chuva para diversos campeonatos do país, como a Stock Light, Mercedes-Benz Challenge e Rally dos Sertões, além de torneios da Argentina (como TC 2000, Fórmula Renault e Rally Argentino) e Costa Rica (CTCC e Toyota Yaris Cup).

“Pneus de corrida exigem análise contínua e desenvolvimento constante. Com o Módulo de Competições, teremos 15 pessoas dedicadas à produção desses compostos”, afirma Roberto Falkenstein, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Pirelli para a América Latina.

Medidas diversas

Segundo o executivo, a Pirelli tem atualmente 42 medidas disponíveis para as categorias parceiras. "Só no Brasil, estamos presentes atualmente em mais de 25 eventos e 40 corridas por ano”, destaca.

Display na fábrica da Pirelli em Campinas expõe seis pneus de diferentes medidas para competições automobilísticas
icon photo
Legenda: Módulo de pneus de competição em Campinas: marca tem 42 medidas disponíveis

De acordo com Cesar Alarcon, CEO e vice-presidente sênior da Pirelli para a América do Sul, foi investido US$ 1 milhão entre 2018 e 2019 para a viabilização do projeto do Módulo de Competição. “Até 2021, teremos mais um significativo investimento na fábrica de Campinas”, revela.

E a Stock?

Sentiu falta da Stock Car no novo espaço exclusivo de pneus de corrida? A Pirelli também fornece borracha para a principal categoria do automobilismo nacional. Só que os pneumáticos usados pelo torneio vêm do Módulo de Competição da Romênia.

“Eles estão nos atendendo perfeitamente, o custo logístico disso não é tão significativo, então continuaremos trabalhando com a importação”, explica Fabio Magliano, gerente de produtos Pirelli para a América Latina.

Comentários